Apenas 9,5% dos paulistanos pretendem contrair financiamento nos próximos 3 meses

SÃO PAULO – Apenas 9,5% dos paulistanos pretendem contrair financiamento nos próximos três meses. Informações da Prie (Pesquisa de Risco e Intenção de Endividamento), apuradas pela Fecomercio-SP (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo) em novembro, revelam que apesar da baixa porcentagem, a intenção de contratação de crédito passou por leve alta, já que em outubro este nível foi de 8,5%.

Segundo a Fecomercio-SP, estes níveis baixos de intenção de endividamento indicam que os consumidores estão dando mais importância em fazer uma reserva razoável de renda para a cobertura de eventuais surpresas que ameacem seu orçamento doméstico.

A pesquisa revela que para o Natal, e um pouco adiante, a tendência é de que haja impulso moderado na propensão a contrair novos financiamentos, havendo certa redução na cobertura de dívidas com uso da poupança familiar.

Aplicações financeiras
Ainda conforme relatou a Prie, pouco mais de 38% dos endividados em novembro possuíam algum tipo de aplicação – sendo a maioria em poupança (81%). Quase 54% dos não endividados têm recursos investidos, sendo a poupança também a preferida, com 73% deste aplicadores.

No geral, em média, 46% dos entrevistados da pesquisa possuem alguma poupança.

Carregando...