Mercado abrirá em 9 h 27 min
  • BOVESPA

    106.858,87
    +1.789,18 (+1,70%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.605,56
    +8,27 (+0,02%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,12
    +0,63 (+0,91%)
     
  • OURO

    1.780,70
    +1,20 (+0,07%)
     
  • BTC-USD

    50.843,60
    +1.989,37 (+4,07%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.314,27
    +54,11 (+4,29%)
     
  • S&P500

    4.591,67
    +53,24 (+1,17%)
     
  • DOW JONES

    35.227,03
    +646,95 (+1,87%)
     
  • FTSE

    7.232,28
    +109,96 (+1,54%)
     
  • HANG SENG

    23.549,01
    +199,63 (+0,85%)
     
  • NIKKEI

    28.234,52
    +307,15 (+1,10%)
     
  • NASDAQ

    15.864,25
    +21,50 (+0,14%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4258
    +0,0022 (+0,03%)
     

Apartamento mais caro da Ásia é vendido por R$ 451 milhões

·2 min de leitura
Um apartamento em Hong Kong foi vendido por HK$ 640 milhões (R$ 451 milhões), tornando-o o mais caro da Ásia por metro quadrado em mais um sinal de dinamismo no mercado imobiliário de luxo da cidade. (REUTERS/Bobby Yip)
  • Apartamento de R$ 451 milhões é o mais caro da região asiática

  • Metro quadrado do apartamento custa 98 mil reais e imóvel tem 442 metros quadrados

  • Monte Nicholson é um dos empreendimentos mais caros de Hong Kong

Um apartamento em Hong Kong foi vendido por HK$ 640 milhões (R$ 451 milhões), tornando-o o mais caro da Ásia por metro quadrado em mais um sinal de dinamismo no mercado imobiliário de luxo da cidade.

Leia também

Wharf Holdings Ltd. e Nan Fung Development Ltd. venderam um apartamento em Mount Nicholson, um dos projetos de luxo mais icônicos da cidade, por HK$ 140.800 (R$ 98 mil) o metro quadrado, de acordo com as empresas. O apartamento no Peak, uma área residencial de luxo na Ilha de Hong Kong, possui três vagas de estacionamento e mede 442 metros quadrados.

Isso quebrou o recorde estabelecido pelo projeto 21 Borrett Road da CK Asset Holdings Ltd. quase nove meses atrás. A empresa do magnata de Hong Kong, Victor Li, vendeu o apartamento por HK$ 136.000 (R$ 92 mil) o metro quadrado em fevereiro.

A compra mais recente ressalta como o mercado residencial de luxo da cidade - já um dos mais caros do mundo - continua crescendo. O total de transações nos 12 meses até junho de 2021 chegou a HK$ 12,8 bilhões (R$ 9 bilhões), mais que o dobro do valor do ano anterior, de acordo com a Colliers International.

Os preços das casas de luxo crescerão 3% no segundo semestre do ano, impulsionados pela forte demanda tanto dos chineses do continente quanto de residentes ricos, estima Colliers.

Monte Nicholson é um dos empreendimentos mais procurados de Hong Kong

O comprador não identificado da Mount Nicholson também comprou um apartamento adjacente por HK$ 561 milhões (R$ 361 milhões), aumentando a conta total para mais de HK$ 1,2 bilhão (R$ 840 milhões) pela transação, disseram os desenvolvedores.

O Monte Nicholson é um dos empreendimentos ultraluxuosos mais procurados entre os ricos de Hong Kong. Dada a escassez de terras no Pico, é raro ter novos projetos disponíveis para venda no bairro exclusivo. Os compradores incluem as filhas do falecido magnata Stanley Ho, Alice Ho e Sabrina Ho, bem como Edwin Leong, fundador da desenvolvedora local Tai Hung Fai Enterprises.

Uma unidade em Mount Nicholson reivindicou o recorde de apartamento mais caro da Ásia em 2017, antes da 21 Borrett Road substituí-lo no início deste ano.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos