Mercado fechado
  • BOVESPA

    119.646,40
    -989,99 (-0,82%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.125,71
    -369,70 (-0,81%)
     
  • PETROLEO CRU

    53,28
    +0,30 (+0,57%)
     
  • OURO

    1.872,00
    +5,50 (+0,29%)
     
  • BTC-USD

    34.895,64
    +495,66 (+1,44%)
     
  • CMC Crypto 200

    696,42
    -4,19 (-0,60%)
     
  • S&P500

    3.851,85
    +52,94 (+1,39%)
     
  • DOW JONES

    31.188,38
    +257,86 (+0,83%)
     
  • FTSE

    6.740,39
    +27,44 (+0,41%)
     
  • HANG SENG

    29.962,47
    +320,19 (+1,08%)
     
  • NIKKEI

    28.523,26
    -110,20 (-0,38%)
     
  • NASDAQ

    13.290,50
    +305,00 (+2,35%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4087
    -0,0899 (-1,38%)
     

Após vitória na altitude, Santos tenta cravar ida às quartas da Libertadores

·2 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Depois de alcançar o que nenhum time havia conseguido na atual Copa Libertadores, uma vitória sobre a LDU em Quito, o Santos espera proteger a vantagem construída no Equador. O triunfo por 2 a 1 deixou a equipe alvinegra em boa situação nas oitavas de final da competição. A partida de volta está marcada para esta terça-feira, às 19h15, na Vila Belmiro, com transmissão do Fox Sports. Os comandados de Cuca jogam pelo empate e avançam até em caso de derrota por 1 a 0 --nesse caso, pelo critério dos gol marcados fora de casa. "Construímos bom resultado, mas ainda temos 90 minutos. Precisamos manter a atenção para fazer mais uma boa partida e conseguir nossa classificação", disse o atacante Soteldo, autor de um dos gols no duelo de ida. Marinho também balançou a rede no Equador, apesar das dificuldades impostas pelos 2.850 m de altitude. E foi mais um a cobrar atenção do time para que a boa vantagem não seja desperdiçada em Santos. "Independentemente de altitude, jogamos para vencer, fizemos um grande jogo e tivemos a felicidade de conquistar o resultado. Agora, temos de ficar com os pés no chão e trabalhar, porque será mais um jogo difícil", disse o camisa 11. O Santos contará desta vez com algo que não teve no Equador: Cuca à beira do gramado. Recuperado de Covid, o treinador voltou ao banco no final de semana, na vitória por 4 a 2 sobre o Sport pelo Brasileiro. Ele terá à disposição atletas que ganharam descanso no Brasileiro, casos do volante Alison e do meia Jean Mota. O goleiro João Paulo e o zagueiro Luan Peres também estão relacionados, mas é real a possibilidade de eles terem perdido suas posições para John e Luiz Felipe, respectivamente. Já a LDU tem problemas. A equipe bateu o Olmedo por 3 a 0, na última sexta (27), pelo Equatoriano, mas o técnico Pablo Repetto precisa lidar com cinco baixas, por lesão ou Covid. O meia Sornoza, conhecido por sua passagem pelo Brasil, é um dos desfalques. SANTOS John; Pará, Lucas Veríssimo, Luan Peres (Luiz Felipe) e Felipe Jonatan; Alison, Diego Pituca e Jean Mota (Jobson); Marinho, Kaio Jorge e Soteldo. T.: Cuca LDU Adrián Gabbarini; Pedro Perlaza, Luis Caicedo, Anderson Ordóñez e Christian Cruz; Edison Vega, Jordy Alcivar, Billy Arce, Jhojan Julio e José Quintero; Cristian Martínez. T.: Pablo Repetto Estádio: Vila Belmiro, em Santos (SP) Horário: 19h15 (de Brasília) desta terça-feira (1º) Árbitro: Néstor Pitana (ARG) Transmissão: Fox Sports e Conmebol TV