Mercado fechará em 5 h 48 min
  • BOVESPA

    128.019,06
    -1.245,90 (-0,96%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.060,58
    -255,11 (-0,51%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,75
    +0,09 (+0,12%)
     
  • OURO

    1.775,40
    -7,50 (-0,42%)
     
  • BTC-USD

    29.226,33
    -3.812,17 (-11,54%)
     
  • CMC Crypto 200

    694,00
    -100,32 (-12,63%)
     
  • S&P500

    4.223,86
    -0,93 (-0,02%)
     
  • DOW JONES

    33.811,15
    -65,82 (-0,19%)
     
  • FTSE

    7.079,18
    +16,89 (+0,24%)
     
  • HANG SENG

    28.309,76
    -179,24 (-0,63%)
     
  • NIKKEI

    28.884,13
    +873,20 (+3,12%)
     
  • NASDAQ

    14.153,00
    +23,00 (+0,16%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,9895
    +0,0142 (+0,24%)
     

Após triunfo, Cabo comemora classificação para a final da Taça Rio: 'O Vasco teve equilíbrio e paciência'

·2 minuto de leitura


Com a volta dos titulares, o Vasco garantiu a classificação para a final da Taça rio ao derrotar o Madureira por 2 a 1 em São Januário. Na coletiva de Imprensa, o técnico Marcelo Cabo comemorou o resultado e disse que equipe teve equilíbrio e paciência para construir o triunfo. Ele também afirmou que o lacar poderia ser ainda mais elástico, já que o time perdeu oportunidades no segundo tempo.

> Confira a tabela do Campeonato Carioca


- Pegamos um time muito bem organizado para se defender, que a todo momento jogou na linha baixa. E a gente sabia das dificuldades. Quando a gente pega 10 homens atrás da linha da bola, a gente tem que ter eficiência no último terço e nós tivemos (foram quase 40). E a gente trabalhou muito durante a semana. Iremos encontrar muito esse tipo de comportamento quando jogarmos em casa - analisou o treinador, e acrescentou.

- Eu acho que o placar merecia ser mais elástico, merecia ser mais. Se fosse 4 ou 5 a 1 não seria um absurdo pelo que produziu, teve bola na trave, jogador tirando em cima da linha. O Vasco teve equilíbrio, teve paciência. Foi o que eu pedi a eles todos os momento - disse.

> Confira mais notícias sobre o Vasco da Gama

A ser questionado sobre a competição, o técnico disse que houve muito questionamento sobre a escalação de um time reserva no primeiro jogo, porém tudo estava dentro do planejamento. Além disso, Cabo ressaltou que respeita qualquer adversário e que o Cruz-Maltino tem que entrar para ser campeão.

- Sempre deixamos muito claro que entramos para ser campeões, independente da competição que estamos jogando. Houve muito questionamento ao longo da semana pelo fato de ter usado um time alternativo no primeiro jogo. Não importa como começa, importa como termina. Respeitamos todos os dois adversários (Botafogo ou Nova Iguaçu) e estamos prontos para enfrentar qualquer adversário - analisou o comandante.

O Gigante da Colina volta a campo no próximo final de semana pela final da competição. Enquanto isso, espera o vencedor do duelo entre Botafogo e Nova Iguaçu para conhecer o seu adversário.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos