Mercado fechado
  • BOVESPA

    129.441,03
    -635,14 (-0,49%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.286,46
    +400,13 (+0,79%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,78
    +0,49 (+0,70%)
     
  • OURO

    1.879,50
    -16,90 (-0,89%)
     
  • BTC-USD

    35.856,43
    +359,62 (+1,01%)
     
  • CMC Crypto 200

    924,19
    -17,62 (-1,87%)
     
  • S&P500

    4.247,44
    +8,26 (+0,19%)
     
  • DOW JONES

    34.479,60
    +13,36 (+0,04%)
     
  • FTSE

    7.134,06
    +45,88 (+0,65%)
     
  • HANG SENG

    28.842,13
    +103,25 (+0,36%)
     
  • NIKKEI

    28.948,73
    -9,83 (-0,03%)
     
  • NASDAQ

    13.992,75
    +33,00 (+0,24%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1926
    +0,0391 (+0,64%)
     

Após virada do Fluminense contra o Santa Fé, Fred diz: 'Estamos muito confiantes'

·4 minuto de leitura


Nesta quarta-feira, o Fluminense venceu o Santa Fe de virada, por 2 a 1, no Maracanã, em jogo válido pela quarta rodada da Libertadores. Com o resultado, o Tricolor encaminhou sua classificação às oitavas, já que precisa de apenas um ponto em seis possíveis. Autor do gol de empate, Fred se tornou o terceiro maior artilheiro brasileiro na história da Libertadores. Além disso, o jogador falou à imprensa sobre o bom início do clube na competição e exaltou a jogada de Kayky, que originou o primeiro gol Tricolor.

> Veja quando serão os próximos jogos do Flu na Libertadores

- Estamos em uma sequência muito forte de jogos decisivos, nosso grupo é um dos mais difíceis, e a gente está com oito pontos fazendo uma temporada boa, individualmente e coletivamente. Estamos muito satisfeitos com este início.

O atacante também falou sobre o jovem elenco do Fluminense. Mesmo assim, Fred fez questão de ressaltar a força da equipe, elogiando as boas entradas de Cazares e Caio Paulista - jogadores decisivos para a virada do jogo.

- A nossa equipe é muito jovem, temos muitos jogadores que ainda não tinham participado da Libertadores, e estão pegando esta 'casca' dentro da competição. Nós vimos um elenco muito forte (do Fluminense), que demonstrou isso hoje com a entrada do Cazares, do Biel, do Caio Paulista, que entrou muito bem. Então, eles foram decisivos para nossa vitória. Nós estamos encorpados e esperamos fazer uma grande primeira fase para quando chegar nas oitavas, nós avançarmos e conquistarmos este título.

Além disso, Fred falou sobre a felicidade de receber o prêmio de melhor em campo. Vale ressaltar que três, dos quatro gols de Fred na competição foram contra o Santa Fé - dois na segunda rodada e um nesta quarta-feira. Para completar o comentário sobre o bom momento individual, o atleta também comentou sobre ter se tornado o terceiro maior artilheiro brasileiro na Libertadores.

- Nosso início está muito forte, e isso faz a gente ficar cada vez mais confiante para buscar este tão sonhado título, e eu também espero conquistar mais vezes este troféu (de craque da partida.

- Eu tento levar da maneira mais natural possível, sem colocar objetivos ou metas, mas a minha função é fazer gols a cada jogo e graças a Deus as coisas estão saindo bem, principalmente na Libertadores. Então, eu espero contribuir, e quando eu estou bem e contribuindo, a maioria das vezes a gente sai vitorioso - completou.

+ GALERIA: relembre os gols mais marcantes de Fred pelo Fluminense

Por fim, em tom de brincadeira, o centroavante enalteceu Kayky. Isso porque, o jovem fez uma bela jogada para o gol do empate, exercendo o que, segundo Fred, é muito treinado no Fluminense.

- 95% do gol é do Kayky (risos). A gente treina muito essa jogada, eu oriento muito ele para quando ele trouxer para o meio, me procurar no pivô, ou no facão, para eu dominar e fazer o gol. O Kayky no mano a mano todos sabem o potencial que tem - disse o atacante.

CONFIRA OS PRINCIPAIS TRECHOS DA COLETIVA DE FRED

Momento da equipe

- Sensação de que as coisas estão acontecendo da melhor forma possível. Estamos em uma sequência forte de viagens e só tende a ficar mais pegado. Mesmo assim, estamos nos sentindo bem fisicamente, tecnicamente, mentalmente. [...] A dúvida sempre foi do lado de fora. Aqui dentro nunca existiu dúvida, medo, nenhuma desconfiança do que poderíamos fazer. As coisas começaram a dar liga desde o ano passado, evoluímos, o elenco incorporou, a mentalidade é cada vez mais vencedora. Estamos felizes porque todos confiam na gente e dão respaldo para trabalhar firme. Nosso dever é dar tudo de nós.

Dificuldades contra o Santa Fe


- Foi muito pelo que o Santa Fe fez. Eles conseguiram pressionar a gente, ficamos sem a saída de bola e sem conseguir trocar passes. Perdíamos a segunda bola e eles colocavam o ritmo de novo. Tecnicamente sofremos, mas nosso poder de superação foi grande. Fomos para a porrada, na trocação ali de impor nosso ritmo. O mais legal é que não sentimos depois do gol. Geralmente as equipes caem. As alterações foram primordiais. Parabéns para todos.

Superação nos primeiros jogos

- Estamos sabendo jogar essa competição. Teve jogo que fomos superiores tecnicamente. Na estreia estávamos ansiosos, assim como o River também. Teve respeito de todos os lados, são duas equipes grandes, então conseguimos jogar bem tecnicamente. Tivemos que ter raça contra o Santa Fe, mas também superiores tecnicamente. O jogo contra o Junior foi especial porque física e mentalmente estávamos desgastados. Muito tempo em deslocamento e realmente chegamos cansados, mas trocamos raça com eles também e foi igual. Hoje demonstramos superação, soubemos jogar. Foi o pior tecnicamente, mas uma partida de muita entrega, física, e conseguimos a virada que mostra o poder de superação da equipe.

Discussão com Martinelli

- Do Martinelli não teve cobrança, ele é um dos que mais correm e tem personalidade. Estava pedindo para ele chamar o time para jogar. Estávamos espaçados, ficamos lá na frente com os meias e os pontas e ele estava sofrendo, porque ele e o Yago estavam tendo que marcar e sair jogando sem opção.