Mercado fechado

Após tropeços, São Paulo busca reação contra o Bahia

MARCOS GUEDES
·2 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O São Paulo desperdiçou boas chances nas duas últimas partidas que fez no Campeonato Brasileiro, ficando no 1 a 1 com o Vasco e com o Ceará, que lutam contra o rebaixamento na competição. Neste sábado (28), às 19h, contra o Bahia, na Arena Fonte Nova, a equipe encara mais um adversário da parte de baixo da tabela, tentando encostar na liderança. Com 38 pontos, o time do Morumbi soma quatro a menos do que o Atlético-MG, primeiro colocado, que tem três jogos disputados a mais e já atuou nesta 23ª rodada. Ou seja, se vencerem o Bahia, os comandados de Fernando Diniz ficarão a um ponto do líder e ainda com duas partidas a menos. Na Fonte Nova, o São Paulo encontrará um Tricolor de Aço que não faz boa campanha no Nacional e vem de derrota por 4 a 0 para o Red Bull Bragantino, fora de casa, embora, na sequência, tenha batido o Unión Santa Fe, da Argentina, pela Copa Sul-Americana. O problema é que a formação do Morumbi tem desperdiçado pontos importantes contra equipes mal classificadas no Brasileiro. No primeiro turno, o aproveitamento foi superior nos embates com os dez primeiros colocados da tabela em relação ao desempenho nos confrontos com os dez últimos. "Jogar contra um adversário que marca muito atrás é difícil, não só para o São Paulo. Mas fizemos bons jogos nessa situação. A gente tem jogo para furar as defesas mais retrancadas", afirmou Fernando Diniz. Embora não saiba o que é perder há dez jogos, entre Brasileirão, Copa do Brasil e Sul-Americana, o conjunto paulista esperava já ocupar a dianteira da competição não fossem os dois últimos tropeços. Para o confronto em Salvador, Diniz contará com a volta do atacante Brenner, que cumpriu suspensão no empate com o Ceará, mas precisará montar a dupla de zaga com reservas. Diego Costa está suspenso, e Bruno Alves, com resultado positivo de Covid-19, não viajou ao Nordeste. Arboleda e Léo deverão ser escalados, mas Rodrigo corre por fora. Já o time dirigido por Mano Menezes não terá à disposição os zagueiros Lucas Fonseca e Anderson Martins e o atacante Gilberto, suspensos. Gabriel Novaes, por contrato, também está fora. O próprio Mano, afastado do gramado por ter sido infectado pelo novo coronavírus, não vai ao estádio. Cláudio Prates ficará à beira do campo. BAHIA Douglas; Nino Paraíba, Ernando, Juninho, Juninho Capixaba; Gregore, Ronaldo, Daniel, Fessin; Rodriguinho, Élber. T.: Mano Menezes SÃO PAULO Tiago Volpi; Juanfran, Arboleda, Léo, Reinaldo; Luan, Daniel Alves, Igor Gomes, Gabriel Sara; Luciano, Brenner. T.: Fernando Diniz Estádio: Arena Fonte Nova, em Salvador (BA) Horário: 19h deste sábado Juiz: Leandro Pedro Vuaden (RS)