Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.487,88
    +1.482,66 (+1,39%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.518,30
    +228,39 (+0,45%)
     
  • PETROLEO CRU

    110,35
    +0,46 (+0,42%)
     
  • OURO

    1.845,10
    +3,90 (+0,21%)
     
  • BTC-USD

    29.902,20
    +387,12 (+1,31%)
     
  • CMC Crypto 200

    650,34
    -23,03 (-3,42%)
     
  • S&P500

    3.901,36
    +0,57 (+0,01%)
     
  • DOW JONES

    31.261,90
    +8,77 (+0,03%)
     
  • FTSE

    7.389,98
    +87,24 (+1,19%)
     
  • HANG SENG

    20.717,24
    +596,56 (+2,96%)
     
  • NIKKEI

    26.739,03
    +336,19 (+1,27%)
     
  • NASDAQ

    11.838,00
    -40,25 (-0,34%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1528
    -0,0660 (-1,26%)
     

Após trocar ministro, Bolsonaro sinaliza novas 'mudanças de pessoas' ao mencionar Petrobras

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
***ARQUIVO*** BRASÍLIA, DF, BRASIL 09.05.2022 - O ministro da Economia, Paulo Guedes. (Foto: Gabriela Biló/Folhapress)
***ARQUIVO*** BRASÍLIA, DF, BRASIL 09.05.2022 - O ministro da Economia, Paulo Guedes. (Foto: Gabriela Biló/Folhapress)

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O presidente Jair Bolsonaro (PL) sinalizou nesta quinta-feira (12) que pode fazer novas "mudanças de pessoas" ao mencionar a Petrobras.

Ele afirmou que a empresa precisa entender seu papel e que a forma de isso ocorrer seria por meio de trocas como a feita por ele no comando do MME (Ministério da Minas e Energia) nesta quarta.

"Estamos fazendo o possível. Sem interferência, obviamente. Para fazer a Petrobras entender qual o seu papel. Entender como? Fazer aqui mudanças, como nós fizemos aqui no MME", disse.

O almirante Bento Albuquerque foi substituído nesta semana da chefia da pasta. Em seu lugar, assumiu o economista Adolfo Sachsida, até então secretário do ministro Paulo Guedes (Economia) e aliado de longa data do presidente.

"A gente espera fazer mudanças de pessoas, que a gente possa fazer, que a gente possa buscar minorar, diminuir o preço do combustível no Brasil. Deixo bem claro que está previsto em lei, é o caso da Petrobras, que ela tem que ter o seu papel social, no tocante a preço de combustível", disse.

"Agradeço o trabalho do almirante Bento, uma pessoa excepcional, fez um trabalho muito bem em vários outras áreas, mas tínhamos um pequeno problema na Petrobras e ele resolveu assinar a sua saída do MME. Espero que no futuro o Bento possa voltar a trabalhar conosco, uma pessoa fantástica", disse.

Ele complementou que não quer interferir na Petrobras e que pretende repetir o que foi feito durante o governo de Dilma Rousseff (PT), que segurou os preços da empresa e gerou o endividamento da companhia.

Além disso, ele sinalizou que pretende entrar na Justiça contra os preços.

"A gente espera aqui redução do preço [dos combustíveis], vamos ter que recorrer à Justiça. Sabemos que quando eu recorro é quase impossível eu ganhar, isso quando se coloca em votação", disse, referindo-se a seguir ao STF (Supremo Tribunal Federal).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos