Mercado fechará em 1 h 21 min
  • BOVESPA

    112.696,91
    +1.407,73 (+1,26%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.140,94
    +103,89 (+0,20%)
     
  • PETROLEO CRU

    86,94
    -0,41 (-0,47%)
     
  • OURO

    1.792,00
    -37,70 (-2,06%)
     
  • BTC-USD

    36.279,45
    -1.858,03 (-4,87%)
     
  • CMC Crypto 200

    831,49
    +11,98 (+1,46%)
     
  • S&P500

    4.351,02
    +1,09 (+0,03%)
     
  • DOW JONES

    34.280,96
    +112,87 (+0,33%)
     
  • FTSE

    7.554,31
    +84,53 (+1,13%)
     
  • HANG SENG

    23.807,00
    -482,90 (-1,99%)
     
  • NIKKEI

    26.170,30
    -841,03 (-3,11%)
     
  • NASDAQ

    14.154,75
    -3,75 (-0,03%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0315
    -0,0749 (-1,23%)
     

Após tri da Libertadores, Corinthians projeta final e não descarta contratar Marta e Andressa Alves para 2022

·5 min de leitura
Cristiane Gambaré e Arthur Elias na entrevista coletiva que deram juntos  (Reprodução/Twitter/@SCCPFutFeminino)


Menos de uma semana depois de o Corinthians conquistar o tricampeonato da Copa Libertadores, a diretora de futebol feminino do clube, Cristiane Gambaré, e o técnico do time, Arthur Elias, comentaram sobre a decisão do Campeonato Paulista, na qual a equipe lutará pelo título contra o São Paulo, e também já abordaram o planejamento traçado pelo Alvinegro para a próxima temporada.

TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão-2021 clicando aqui

> Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

GALERIA
> Confira as fotos da nova terceira camisa roxa do Corinthians

Em entrevista coletiva que concederam juntos na última sexta-feira, a dirigente e o treinador comentaram sobre os motivos que impediram que a partida de volta da final diante do Tricolor, marcada para o dia 8 de dezembro, seja realizada na Neo Química Arena, onde o clube tinha o desejo de que o duelo ocorresse. O mesmo acabou sendo marcado para a Arena Barueri.

A partida de ida da decisão será no próximo sábado, no Morumbi, e o duelo no qual o título será definido só não acontecerá em Itaquera por causa da mudança da data do confronto de volta, que inicialmente estava previsto justamente para o dia 4 (sábado), mas foi alterado para atender a diferentes interesses que foram explicados por Cristiane Gambaré nesta sexta.

- De ontem (quinta-feira) para hoje (sexta) houve muita pergunta, muitas dúvidas do porque não na Neo Química Arena e, sim, na Arena Barueri. Quanto a essa resposta, o que foi falado, o que foi respondido pela Federação Paulista, infelizmente, não está correto (sobre a definição das datas ter ocorrido há mais de um mês). Eu tive essa informação quando estava no Paraguai (um dos palcos da última Libertadores), faz mais ou menos uns dez, onze dias no máximo, e essa informação veio como nós teríamos que mudar as datas do dia 1, a primeira final, e dia 4, a segunda final que seria na Neo Química (Arena), planejada por todos. A mudança seria por conta dos amistosos da Seleção Brasileira, com a data Fifa, e aí nós não conseguiríamos utilizar essas duas últimas datas - afirmou a diretora do futebol feminino corintiano.

Em seguida, a dirigente explicou que o Corinthians não teria como disputar a decisão em Itaquera no dia 8 de dezembro porque nesta data o estádio já estava reservado para um compromisso comercial fechado anteriormente.

- Quando essa informação veio, começamos a entender um pouco mais o que poderia acontecer. Dia 8 temos um evento, um contrato comercial da Neo Química, que foi feito há sete ou oito meses, esse evento tem que ser entregue, como em qualquer negócio comercial. Quanto a essa previsão, tentei falar com a CBF, ver se era possível alguma alteração do amistoso da Seleção, que não abriu mão da data Fifa. Foi comunicado à FPF (Federação Paulista de Futebol) que precisávamos fazer alteração e foi uma negativa, de que não teria como mudar, disseram que era para acharmos um outro local - completou.

Para completar, o Corinthians não teve também como usar o estádio do Parque São Jorge na decisão porque o mesmo não está adaptado para a utilização da arbitragem de vídeo (VAR), o que a diretora diz que ocorrerá a partir da próxima temporada. Assim, a Arena Barueri acabou sendo adotada como melhor solução para o confronto no qual o Corinthians atuará como mandante na final.

E a diretora ainda reclamou do fato de o jogo de volta da decisão ter sido agendado para as 21h de uma quarta-feira (dia 8 de dezembro). Neste caso, para atender aos interesses da emissora de TV que transmitirá o confronto.

- Em momento nenhum, o Corinthians não quer que as meninas joguem na Neo Química Arena, pelo contrário. Foi tudo planejado para que o jogo fosse por lá. Nós, infelizmente, assinamos um regulamento no começo da competição e aí, existem essas datas. Aí vocês vão me perguntar: ‘Por que quarta feira, às 21h’? Tem mais essa. Existe a TV, aí a organização da competição que promove essa abertura de TV e nós temos que cumprir esses horários - lamentou a dirigente.

MARTA E ANDRESSA ALVES

Já ao ser questionada sobre a possibilidade de o Corinthians contratar Marta e Andressa Alves, duas estrelas do futebol feminino e da Seleção Brasileira, Cristiane Gambaré não descartou essa possibilidade, mas evitou fazer qualquer tipo de promessa de aquisição destas jogadoras para o clube.

– Andressa Alves e Marta são atletas sensacionais, maravilhosas, sabemos o potencial de cada uma nas suas funções, e tudo é possível. Nesse momento, estamos trabalhando, e minha comissão é quem faz qualquer menção a qualquer coisa. Possível pode ser? Nada é impossível, mas nesse momento o foco é trabalhar dentro do que é possível, do que é necessário e do nosso planejamento. Elas são importantíssimas e tem afinidade maravilhosa com o Corinthians. Tudo é possível, tá? - avisou a dirigente corintiana.

Seis vezes eleita pela Fifa a melhor jogadora de futebol do mundo, Marta é embaixadora da Neo Química, patrocinadora do Corinthians que dá nome ao estádio do clube, e já manifestou carinho pelo time em outras ocasiões.

MONTAGEM DO ELENCO PARA 2022

Arthur Elias, por sua vez, destacou a importância do planejamento que está sendo traçado para a montagem do elenco para a próxima temporada.

- Renovações, contratações, algumas alterações que a gente vai fazer no grupo já estão sendo encaminhadas, muitas coisas ainda não 100% definidas, mas estou satisfeito com o que a gente tem feito, tem conseguido nesse sentido para o próximo ano - disse o treinador, que também manifestou preocupação com a necessidade de repor a ausência da zagueiro Erika, uma das maiores expoentes do time feminino corintiano, que sofreu grave lesão no joelho em um treino realizado pela equipe no Paraguai durante a último Libertadores.

- A posição da zaga, claro que preocupa sim, não é qualquer atleta que se lesionou, uma das maiores jogadoras da história do futebol, uma liderança nossa, uma jogadora que faz a diferença em todos os aspectos da equipe, de qualidade técnica, tática, então é uma posição que a gente tem olhado, buscou alternativas e pode ter certeza que assim como todas as outras, o Corinthians vai estar bem servido para o próximo ano - completou o comandante.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos