Mercado fechará em 2 h 9 min

Após ser goleado em clássico, Mancini volta a falar de reforços para o Corinthians

Fábio Lázaro
·2 minuto de leitura


O técnico do Corinthians, Vagner Mancini voltou a ser questionado pela imprensa sobre a necessidade de reforços, após a derrota por 4 a 0 para o Palmeiras, nesta segunda-feira (18), em jogo atrasado da 28ª rodada do Brasileirão.

O treinador já havia falado sobre o assunto na véspera a da vitória por 5 a 0 diante do Fluminense, na última quarta-feira (13), onde disse que o clube buscará contratações pontuais para a próxima temporada, que já inicia em fevereiro, uma semana depois do encerramento dos campeonatos válidos por 2020. Dessa vez, Mancini, embora reconheça a necessidade de novos atletas, foi mais polido em abordar o tema.

> Veja a classificação do Brasileirão e simule os próximos jogos

- Não tenho dúvidas que qualquer equipe necessita de reforços, não é depois de uma derrota que a gente vai abrir e escancarar uma série de coisas. A gente tem que ser equilibrado. Doi demais uma derrota dessas. A gente está chateado, difícil vir dar entrevista, falar, repercutir o jogo, porque a gente fica muito chateado. Mas não temos tempo de ficar lamentando demais - disse o técnico em entrevista coletiva virtual concedida após o Dérbi.

Enquanto não tem novas peças para trabalhar, Vágner Mancini tem como principal objetivo recuperar o moral do elenco para o próximo jogo, já nesta quinta-feira (21), contra o Sport, às 21h, na Neo Química Arena.

- Na quinta-feira a gente entra em campo novamente, e é necessário que esses mesmos atletas que fizeram um grande jogo contra o Fluminense, não sejam detonados pelo jogo de hoje. Vi o jogo, acho que demos ao Palmeiras muitas oportunidades de gol, isso não vinha acontecendo, e isso precisa corrigir sim, o mais rápido possível para que na quinta-feira possamos voltar ao nosso objetivo, que é alcançar alguma vaga da Libertadores - ressaltou Mancini.

O Timão é o nono colocado no Campeonato Brasileiro, com 42 pontos. Mesmo com a derrota vexatória no Dérbi, o objetivo corintiano segue sendo a classificação à próxima edição da Libertadores que terá, pelo menos, vaga até o sétimo colocado.