Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.113,93
    +412,93 (+0,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.726,98
    +212,88 (+0,44%)
     
  • PETROLEO CRU

    63,07
    -0,39 (-0,61%)
     
  • OURO

    1.777,30
    +10,50 (+0,59%)
     
  • BTC-USD

    55.150,73
    -5.879,44 (-9,63%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.398,97
    +7,26 (+0,52%)
     
  • S&P500

    4.185,47
    +15,05 (+0,36%)
     
  • DOW JONES

    34.200,67
    +164,67 (+0,48%)
     
  • FTSE

    7.019,53
    +36,03 (+0,52%)
     
  • HANG SENG

    28.969,71
    +176,61 (+0,61%)
     
  • NIKKEI

    29.683,37
    +40,67 (+0,14%)
     
  • NASDAQ

    14.024,00
    +10,00 (+0,07%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6943
    -0,0268 (-0,40%)
     

Após ser campeão, Marcelo Cabo deixa o Atlético-GO e assina com o Vasco para a próxima temporada

LANCE!
·2 minuto de leitura


O treinador Marcelo Cabo deixou oficialmente o Atlético-GO após conquistar o bi do Campeonato Goiano ao derrotar o Goianésia, nos pênaltis. Com isso, o carioca terá pela primeira vez a chance de dar um grande passo em sua carreira e dirigir um grande clube de sua cidade: o Vasco. O novo comandante assinará um contrato com o Cruz-Maltino até dezembro de 2021 e chega ao clube ao lado de Gabriel Cabo, seu filho e auxiliar.

> Confira a tabela do Campeonato Carioca

- Estou indo para um gigante do futebol brasileiro, que me deu essa oportunidade e acreditou no meu trabalho. Passa por uma reestruturação e confiou a mim esse trabalho técnico. Sempre tive uma meta profissional de voltar para um grande clube com o Vasco da Gama. Sei de todo o carinho e o amor que o Atlético tem por mim. Minha relação com o Atlético é diferente. Acredito na reestruturação do Vasco, na seriedade do presidente e do seu diretor. Quando saí do Rio, falei que voltaria a um dos quatro grandes. E o Vasco me abraçou, e eu abracei o Vasco. Eu mais escolhi o Vasco do que o Vasco me escolheu. – disse Marcelo Cabo em coletiva de imprensa após o título.


Neste final de semana, a diretoria do Vasco avançou nas negociações e fez uma proposta oficial ao empresário Alex Fabiano. O acerto já estava encaminhado, porém o treinador aguardava a decisão do Campeonato Goiano para fazer o anúncio e se pronunciar sobre o andamento da possível transação.

Vale destacar que Marcelo Cabo foi o escolhido pelo departamento de futebol do Vasco, que tem Alexandre Pássaro no comando, para iniciar uma reestruturação na equipe, que terá pela frente o Carioca, Copa do Brasil e a Série B. Além dele, a cúpula cruz-maltina analisou outros nomes e mapeou o mercado. Foram ventilados Lisca (América-MG), Fernando Diniz (sem clube), Pintado (Ferroviária) e Umberto Louzer (Chapecoense).

Em sua carreira, Marcelo Cabo ainda não teve a oportunidade de dirigir um clube grande do eixo Rio-São Paulo. Ele iniciou a sua carreira ao dirigir o Bangu em 2004 e já passou por dezesseis equipes ao longo desses anos. O técnico também trabalhou no Oriente Médio, e foi observador técnico da Seleção na Copa do Mundo de 2010, ajudando o então técnico Dunga.

O torcedor do Vasco deve lembrar de Cabo, quando ele dirigiu o Atlético-GO na conquista da Série B em 2016. Outro grande trabalho do carioca foi pelo CSA, quando recolocou a equipe alagoana de volta à elite do futebol brasileiro após 31 anos e ajudou o Azulão a erguer a taça do estadual, algo que não acontecia há 10 anos.