Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.880,82
    +1.174,91 (+0,97%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.219,26
    +389,95 (+0,80%)
     
  • PETROLEO CRU

    65,51
    +1,69 (+2,65%)
     
  • OURO

    1.844,00
    +20,00 (+1,10%)
     
  • BTC-USD

    49.263,78
    -2.012,14 (-3,92%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.398,33
    +39,77 (+2,93%)
     
  • S&P500

    4.173,85
    +61,35 (+1,49%)
     
  • DOW JONES

    34.382,13
    +360,68 (+1,06%)
     
  • FTSE

    7.043,61
    +80,28 (+1,15%)
     
  • HANG SENG

    28.027,57
    +308,90 (+1,11%)
     
  • NIKKEI

    28.084,47
    +636,46 (+2,32%)
     
  • NASDAQ

    13.398,00
    +297,75 (+2,27%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4040
    -0,0085 (-0,13%)
     

Após retorno de empréstimo, Mascarenhas não deve ser aproveitado pelo Fluminense

Luiza Sá e Victor Mendes
·1 minuto de leitura


O lateral-esquerdo Mascarenhas não deve ser aproveitado pelo Fluminense. Devolvido pelo Vitória de Guimarães (POR) antes do fim do contrato de empréstimo, o jogador vai retornar ao Rio de Janeiro, mas está fora dos planos do Tricolor neste momento. O clube agora avalia o futuro do atleta, com quem tem vínculo até dezembro de 2021.

> Rumo à Libertadores: Confira os maiores artilheiros do Fluminense na competição

Formado em Xerém, Mascarenhas nunca chegou a estrear pelo time português. O jovem de 22 anos sofreu com lesões ao longo do período na Europa, algo que já acontecia antes, e que dificultou ainda mais a adaptação. Ele foi emprestado em janeiro de 2020 e havia opção de compra ao fim do contrato, em junho.

Como houve quebra de contrato por parte do Vitória, o estafe do atleta ainda aguarda a liberação jurídica do lateral, que já está em vias de ser realizada.

Veja a tabela do Campeonato Carioca

Como não atuou em Portugal, o último jogo oficial feito por Mascarenhas foi em 13 de junho de 2019. Na época, o lateral aceitou ir para o quarto clube de sua carreira, o terceiro desde que foi promovido para os profissionais, em 2017, por não se sentir aproveitado pela comissão técnica.

No elenco atual, Roger Machado tem à disposição para a posição os experientes e contestados Egídio e Danilo Barcelos, além dos garotos Jefté, uma das joias da base, e Raí, que atuou no início do Campeonato Carioca.