Mercado fechado
  • BOVESPA

    102.224,26
    -3.586,99 (-3,39%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.492,52
    -1.132,48 (-2,24%)
     
  • PETROLEO CRU

    68,15
    -10,24 (-13,06%)
     
  • OURO

    1.788,10
    +1,20 (+0,07%)
     
  • BTC-USD

    54.266,46
    -597,86 (-1,09%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.365,60
    -89,82 (-6,17%)
     
  • S&P500

    4.594,62
    -106,84 (-2,27%)
     
  • DOW JONES

    34.899,34
    -905,04 (-2,53%)
     
  • FTSE

    7.044,03
    -266,34 (-3,64%)
     
  • HANG SENG

    24.080,52
    -659,64 (-2,67%)
     
  • NIKKEI

    28.751,62
    -747,66 (-2,53%)
     
  • NASDAQ

    16.051,00
    -315,00 (-1,92%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3485
    +0,1103 (+1,77%)
     

Após rescisão na justiça, Matheus Galdezani cobra dívida milionária do Coritiba

·1 min de leitura


O Coritiba "ganhou" uma dívida através de decisão judicial por conta de ação impetrada pelo meio-campista Matheus Galdezani onde o atleta conseguiu sua rescisão contratual com o clube Coxa Branca.

>Aplicativo de resultados do LANCE! está disponível na versão iOS

Isso porque, além da rescisão, Matheus cobra uma dívida equivalente a R$ 2 milhões que seriam justificados por atrasos salariais sobre a parte pertencente ao clube no empréstimo junto ao Bahia, multas proporcionais aos atrasos e também verba referente ao Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS).

Com a publicação da rescisão de vínculo no Boletim Informativo Diário (BID), o jogador de 29 anos de idade fica livre para assinar com qualquer clube já que, na última quarta-feira (20), ele foi dispensado do Bahia.

Entre as passagens diferentes no clube do Alto da Glória marcadas por constantes empréstimos posteriores, Matheus Galdezani acumulou 81 partidas com números tímidos: dois gols e três assistências.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos