Mercado fechará em 2 h 42 min

Após renúncia de vice, TRE indefere candidatura de Filipe Sabará, expulso do Novo

GUILHERME SETO E CAMILA MATTOSO
·1 minuto de leitura
***FOTO DE ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, BRASIL 18.02.2020 Filipe Sabará (empresário e pré-candidato à Prefeitura de São Paulo pelo partido Novo). Coquetel de Lançamento do Instituto Justiça de Saia, no Hotel Palácio Tangará. (Foto: Mathilde Missioneiro/Folhapress) ORG XMIT: AGEN2002190201749389
***FOTO DE ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, BRASIL 18.02.2020 Filipe Sabará (empresário e pré-candidato à Prefeitura de São Paulo pelo partido Novo). Coquetel de Lançamento do Instituto Justiça de Saia, no Hotel Palácio Tangará. (Foto: Mathilde Missioneiro/Folhapress) ORG XMIT: AGEN2002190201749389

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Após a decisão de desistência da candidata a vice-prefeita pela então chapa do Novo, o Tribunal Regional Eleitoral indeferiu na tarde deste domingo (26) a candidatura de Filipe Sabará, expulso do partido na semana passada.

No site do Tribunal Superior Eleitoral, ele aparece agora como "inapto".

Sabará afirma que ainda existe a possibilidade de entrar com recurso mas que vai avaliar o que fazer "pois sem a vice que escolhi as coisas mudam bastante de figura."

Em nota, ele diz que foi expulso "por não aceitar ser obrigado a pensar como um dos fundadores, João Amoedo, que ataca o Presidente Bolsonaro o tempo todo (no Twitter) e defendi as boas ações do Gov. Federal, sempre que entendi que deveria".

O empresário negou, de novo, haver inconsistências em seu currículo.

"De qualquer forma, nosso propósito de servir e promover oportunidades relevantes para quem mais precisa está mais vivo do que nunca. Se não for dessa vez, nem dessa forma, será com outras portas e alianças que Deus abrirá! Seguimos firmes! Avançando sempre! Com Deus sempre", completa.