Mercado fechará em 3 h 30 min
  • BOVESPA

    122.511,11
    -4,63 (-0,00%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.130,46
    +260,98 (+0,51%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,68
    -0,58 (-0,81%)
     
  • OURO

    1.812,90
    -9,30 (-0,51%)
     
  • BTC-USD

    38.103,41
    -1.830,86 (-4,58%)
     
  • CMC Crypto 200

    929,80
    -13,64 (-1,45%)
     
  • S&P500

    4.404,34
    +17,18 (+0,39%)
     
  • DOW JONES

    34.981,97
    +143,81 (+0,41%)
     
  • FTSE

    7.105,72
    +24,00 (+0,34%)
     
  • HANG SENG

    26.194,82
    -40,98 (-0,16%)
     
  • NIKKEI

    27.641,83
    -139,19 (-0,50%)
     
  • NASDAQ

    14.991,00
    +38,25 (+0,26%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1985
    +0,0544 (+0,89%)
     

Após reforços, Santos trabalha para reduzir elenco e conter gastos

·1 minuto de leitura


O Santos contratou recentemente o meia-atacante Marcos Guilherme, o zagueiro Danilo Boza, o lateral-esquerdo Moraes e o meio-campista Vinicius Zanocelo. Vivendo grave crise financeira, o Alvinegro passou quase uma temporada bloqueado na FIFA sem poder realizar nenhuma contratação.

Após o acordo feito com os clubes que Cleber Reis, Felipe Aguilar e Soteldo tinham contrato, o Peixe foi liberado para reforçar seu elenco. E, com a chegada de uns, outros jogadores saíram e outros devem ser liberados nos próximos dias.

No começo da temporada, Arthur Gomes foi emprestado ao Atlético-GO, Tailson para o Coritiba, Sabino liberado para o Sport e Laércio para a Chapecoense. Recentemente, Rodrigão foi emprestado a Ponte Preta e Copete teve o contrato encerrado. E a “limpa” no elenco santista deve ganhar novos capítulos. Allanzinho, revelado pela base do clube, foi liberado para acertar por empréstimo com o Guarani, de Campinas.

O plantel conta com Lucas Venuto, que foi utilizado com Ariel Holan, mas não deve seguir, assim como Rafael Longuine. O meio-campista, inclusive, se recuperou recentemente de uma grave lesão no joelho, e tem contrato até 31 de agosto, mas não deve ser renovado.

Outro nome que não faz parte dos planos do técnico Fernando Diniz é o zagueiro Cleber Reis. Após vários empréstimos, o Santos tentou uma rescisão amigável com o jogador, mas ambas as partes não chegaram em um acordo. Com salário alto, Cleber tem vínculo até 30 de janeiro de 2022 com o Peixe.

O técnico santista, após a vitória contra o Cianorte, nesta terça-feira, falou sobre Cléber e Longuine. Diniz pregou respeito e cuidado ao falar de ambos.

- Estamos tratando internamente. Todos que estão no Santos têm condição de participar, mas vamos ter cuidado para não expor os jogadores desnecessariamente - disse.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos