Mercado fechado
  • BOVESPA

    98.739,29
    -882,29 (-0,89%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.529,95
    -531,66 (-1,11%)
     
  • PETROLEO CRU

    105,78
    -4,00 (-3,64%)
     
  • OURO

    1.807,80
    -9,70 (-0,53%)
     
  • BTC-USD

    18.918,96
    -1.335,26 (-6,59%)
     
  • CMC Crypto 200

    406,41
    -25,05 (-5,81%)
     
  • S&P500

    3.785,38
    -33,45 (-0,88%)
     
  • DOW JONES

    30.775,43
    -253,88 (-0,82%)
     
  • FTSE

    7.169,28
    -143,04 (-1,96%)
     
  • HANG SENG

    21.859,79
    -137,10 (-0,62%)
     
  • NIKKEI

    26.393,04
    -411,56 (-1,54%)
     
  • NASDAQ

    11.490,50
    -200,50 (-1,71%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4828
    +0,0722 (+1,33%)
     

Após queixa do PSL, Secretaria de Cultura suspende exposição que traz Virgem Maria com órgão masculino

·1 min de leitura

RIO — A exposição "Todxs xs santxs - renomeado - #eunãosoudespesa", que estava em cartaz no Centro Municipal de Artes Hélio Oiticica, foi suspensa pela Secretaria Municipal de Cultura (SMC) nesta sexta-feira (28). A decisão veio após o registro de uma notícia-crime protocolada na última quinta-feira pelo deputado estadual Márcio Gualberto e pela deputada federal Chris Tonietto, ambos do PSL do Rio, contra a exposição.

Por nota, a SMC afirma que manterá a suspensão enquanto a queixa estiver em tramitação e respeitará o processo legal, aguardando a decisão judicial. Diz ainda que "reafirma seu compromisso com o respeito constitucional à liberdade religiosa e a todas as crenças" e que "nossos equipamentos abrigam manifestações culturais de todas as linguagens e estilos, sendo um dos nossos pilares o respeito à liberdade artística".

Polêmica

A ação dos parlamentares foi registrada na Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi) e teve como alvo o artista Órion Lalli, autor da exposição. A polêmica foi causada em razão de uma das peças da mostra trazer uma imagem da Virgem Maria com um seio nu e um órgão masculino, e a inscrição "Deus acima de tudo, gozando acima de todos". Para os parlamentares, a exposição representa vilipêndio ao sentimento religioso, crime expresso no artigo 208 do Código Penal.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos