Mercado fechará em 5 h 8 min
  • BOVESPA

    127.971,48
    -1.293,48 (-1,00%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.899,64
    -416,05 (-0,83%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,75
    +0,09 (+0,12%)
     
  • OURO

    1.779,10
    -3,80 (-0,21%)
     
  • BTC-USD

    29.795,17
    -3.086,09 (-9,39%)
     
  • CMC Crypto 200

    717,32
    -77,00 (-9,69%)
     
  • S&P500

    4.233,29
    +8,50 (+0,20%)
     
  • DOW JONES

    33.901,68
    +24,71 (+0,07%)
     
  • FTSE

    7.079,82
    +17,53 (+0,25%)
     
  • HANG SENG

    28.309,76
    -179,24 (-0,63%)
     
  • NIKKEI

    28.884,13
    +873,20 (+3,12%)
     
  • NASDAQ

    14.149,50
    +19,50 (+0,14%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,9810
    +0,0057 (+0,10%)
     

Após morte de cão, Rio vacina contra raiva animal neste sábado e Caxias inicia campanha na segunda

·2 minuto de leitura

RIO - Após a morte de um cachorro no começa desta semana, diaganosticado com raiva, a prefeitura do Rio resolveu realizar uma ação de vacinação de cães e gatos neste sábado em postos localizados no Jardim América, Parada de Lucas e Vigário Geral, todos na Zona Norte, bairros fronteiriços a Duque de Caxias, onde ocorreu a contaminação do animal. Os postos estarão abertos até as 15h.

Em Duque de Caxias, a campanha de vacinação antirrábica em cães e gatos ocorre a partir desta segunda-feira (17) e prossegue até quarta-feira, sempre das 10h às 15h. Segundo a prefeitura, neste primeiro momento, o objetivo é imunizar o maior número possível de animais dos bairros próximos ao município de Belford Roxo, onde, o cachorro morreu no início desta semana, depois de ser diagnosticado com a raiva animal.

A análise do caso ocorrido no começo da semana foi feita pelo Instituto Municipal Jorge Vaitsman, referência em raiva no Rio de Janeiro. A Prefeitura do Rio afirma que apesar desse caso, o município não registra casos de raiva em cães e gatos há 25 anos (desde 1995), .

O dono do cão que morreu, um vira-lata dócil de apenas 1 ano de idade, informou que ele teve contato com um morcego no dia 26 de março. Os primeiros sintomas, contudo, só apareceram na semana passada. O animal, que não havia sido vacinado contra a raiva, apresentou sialorreia (baba) e falta de coordenação motora.

Conheça os sintomas:

Paralisação parcial dos músculos da garganta

O animal deixa de beber água, baba e tem o chamado latido botonal (um grave e um agudo).

Em estágios mais avançados da doença, o bicho apresenta falta de coordenação motora e alteração da visão e da audição, o que provoca irritabilidade e fúria.

Como é a transmissão:

A raiva pode ser transmitida por cães, gatos e morcegos, através do contato com a secreção infectada. O mais comum é o contágio por mordida de cão ou arranhão de gato.

A transmissão da raiva ocorre por meio da saliva de animais infectados, principalmente por mordidas, mas também podem ocorrer via arranhões e lambidas desses animais.

Onde vacinar no Rio:

Clinica da Familia Eidimir Thiago de Souza - Rua Cordovil , 1242 - Parada de Lucas

CMS Nagib Jorge Farah - Praca Miguel Cheib S/N - Jardim America

Praça Catolé da Rocha - Vigário Geral

Onde vacinar em Duque de Caxias

Segunda feira (17/05) - Campo do Rodo, no limite com Belford Roxo.

Terça-feira (18/05) - Praça Vanildo Cavalcanti, em frente a primeira Igreja Batista do Parque Fluminense.

Quarta-feira (19/05) - Praça do Galo

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos