Mercado fechado
  • BOVESPA

    122.038,11
    +2.117,50 (+1,77%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.249,02
    +314,11 (+0,64%)
     
  • PETROLEO CRU

    64,82
    +0,11 (+0,17%)
     
  • OURO

    1.832,00
    +16,30 (+0,90%)
     
  • BTC-USD

    57.590,49
    +1.393,99 (+2,48%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.480,07
    +44,28 (+3,08%)
     
  • S&P500

    4.232,60
    +30,98 (+0,74%)
     
  • DOW JONES

    34.777,76
    +229,23 (+0,66%)
     
  • FTSE

    7.129,71
    +53,54 (+0,76%)
     
  • HANG SENG

    28.610,65
    -26,81 (-0,09%)
     
  • NIKKEI

    29.357,82
    +26,45 (+0,09%)
     
  • NASDAQ

    13.715,50
    +117,75 (+0,87%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3651
    -0,0015 (-0,02%)
     

Após mais de um ano sem espetáculos, Cirque du Soleil agenda retorno ao palco

JOANA CUNHA
·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Após mais de um ano sem espetáculos, o Cirque du Soleil anuncia a retomada de quatro apresentações nos próximos meses. Duas delas, O e Mystère, estão programadas para o início de julho e o fim de junho, respectivamente, em Las Vegas. Segundo a empresa, o espetáculo Kooza retorna em novembro deste ano na cidade de Punta Cana, na República Dominana, e Luzia será exibido em Londres em janeiro de 2022. No fim do ano passado, um novo acordo de compra com credores retirou o grupo canadense de um processo de recuperação judicial. O pedido havia sido apresentado em junho pela companhia após o cancelamento dos shows e as demissões de artistas na pandemia. ​​ “Quase 400 dias se passaram, e estávamos aguardando ansiosamente nosso retorno aos palcos. Estou orgulhoso da resiliência de nossos artistas e funcionários que perseveraram nos momentos mais desafiadores com palcos escuros ao redor do mundo por tanto tempo”, disse Daniel Lamarre, presidente do Cirque du Soleil, em comunicado.