Mercado abrirá em 5 h 27 min

Após gravar vídeo com Weintraub, Bolsonaro abrevia expediente no Planalto

Matheus Schuch

Presidente deixou a sede do Executivo de volta à residência oficial por volta das 16h30; dia foi tomado por audiências com ministros sobre o impacto da prisão de Queiroz Logo após divulgar um vídeo com o anúncio da demissão do ministro da Educação, Abraham Weintraub, o presidente Jair Bolsonaro decidiu abreviar o expediente no Palácio do Planalto. Ele deixou a sede do Executivo por volta de 16h30 em direção ao Palácio da Alvorada. Contrariando a rotina, entrou direto na residência oficial, sem parar para cumprimentar os apoiadores que estavam no local. O grupo tinha aproximadamente 15 pessoas.

O presidente passou o dia em audiências fechadas com os ministros mais próximos, avaliando o impacto da prisão do ex-assessor parlamentar Fabrício Queiroz, acusado de envolvimento com a milícia e de intermediar repasses ilegais de servidores do gabinete do senador Flavio Bolsonaro, quando ele ainda era deputado estadual no Rio de Janeiro.

O fato de a detenção ter ocorrido na casa do advogado de Bolsonaro, Frederic Wassef, acendeu um alerta no Planalto. Auxiliares do presidente reconhecem que a cumplicidade do advogado sobre o esconderijo do caso é um “complicador” e que, até então, o presidente havia conseguido se manter afastado das investigações.

Presidente deixou o Palácio do Planalto após gravar um vídeo anunciando a demissão de Abraham Weintraub do Ministério da Educação

Reproducao