Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.880,82
    +1.174,82 (+0,97%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.219,26
    +389,96 (+0,80%)
     
  • PETROLEO CRU

    65,38
    +0,01 (+0,02%)
     
  • OURO

    1.844,70
    +6,60 (+0,36%)
     
  • BTC-USD

    45.577,97
    -1.723,17 (-3,64%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.262,19
    -96,37 (-7,09%)
     
  • S&P500

    4.173,85
    +61,35 (+1,49%)
     
  • DOW JONES

    34.382,13
    +360,73 (+1,06%)
     
  • FTSE

    7.043,61
    +80,28 (+1,15%)
     
  • HANG SENG

    28.027,57
    +308,87 (+1,11%)
     
  • NIKKEI

    27.949,15
    -135,32 (-0,48%)
     
  • NASDAQ

    13.355,75
    -31,25 (-0,23%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4042
    +0,0002 (+0,00%)
     

Após derrota no Paulistão, jornalista da ESPN dispara: 'O Corinthians é um clube irrelevante no momento'

LANCE!
·1 minuto de leitura

O Corinthians foi derrotado pela Ferroviária nesta terça-feira pelo Campeonato Paulista e acabou perdendo a invencibilidade na temporada. Apesar do primeiro revés vir somente agora, o jornalista da ESPN André Kfouri fez uma critica contundente sobre a equipe no 'Linha de Passe', logo após o jogo.

Leia também:

- Do ponto de vista nacional, o Corinthians é um clube irrelevante neste momento. Em relação às disputas nacionais, desde o ano passado, é irrelevante - analisou Kfouri.

- Não é candidato nem no Campeonato Brasileiro e nem na Copa do Brasil por não ter um elenco que se coloque de maneira a ser enxergado como tal. Acho que não há discussão quanto a isso (...) Essa é a realidade, provavelmente, pelos próximos anos - concluiu.

Kfouri completou seu raciocínio afirmando que apesar da invencibilidade, a equipe não jogou um futebol de encher os olhos que fosse muito superior aos adversários e que a empolgação dos torcedores corintianos com a campanha até aqui poderia se tratar de um 'fanatismo absoluto'.

- O Corinthians não sobrou contra ninguém no Campeonato Paulista. Hoje, durante o primeiro tempo, teve um momento em que o Corinthians tinha posse, algumas finalizações a gol, volume ofensivo pouco característico em relação às apresentações anteriores no Estadual e na Copa do Brasil. E dava indícios de estar em uma noite mais inspirada, especialmente no ataque - analisou.

- O torcedor estava empolgado com a invencibilidade do Corinthians até a derrota para a Ferroviária? Essa empolgação só pode ser atribuída ao fanatismo absoluto, quando não existe nenhum espaço para qualquer racionalidade - completou.

>> Ouça o 'Segunda Bola', o podcast do Yahoo com Alexandre Praetzel e Jorge Nicola