Mercado fechado
  • BOVESPA

    130.207,96
    +766,93 (+0,59%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.029,54
    -256,92 (-0,50%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,94
    +0,06 (+0,08%)
     
  • OURO

    1.864,10
    -1,80 (-0,10%)
     
  • BTC-USD

    40.217,86
    +1.207,53 (+3,10%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.006,22
    +37,38 (+3,86%)
     
  • S&P500

    4.255,15
    +7,71 (+0,18%)
     
  • DOW JONES

    34.393,75
    -85,85 (-0,25%)
     
  • FTSE

    7.146,68
    +12,62 (+0,18%)
     
  • HANG SENG

    28.537,99
    -304,14 (-1,05%)
     
  • NIKKEI

    29.382,35
    +220,55 (+0,76%)
     
  • NASDAQ

    14.144,75
    +20,00 (+0,14%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1470
    +0,0155 (+0,25%)
     

Após começar no banco e dar assistência, Nenê faz alerta ao Fluminense: 'Não podemos bobear'

·2 minuto de leitura


Nesta terça-feira, o Fluminense perdeu a invencibilidade na Libertadores e foi derrotado em casa, por 2 a 1, para o Junior Barranquilla (COL). Com o resultado, o Tricolor deixou de avançar às oitavas da competição de forma antecipada, já que garantiria a vaga em caso de vitória ou empate. Ao término da partida, o meia Nenê, que começou no banco por opção de Roger, falou sobre os aprendizados do duelo, mesmo com o revés em casa. Vale ressaltar que o jogador substituiu Cazares na etapa final e deu a assistência para o gol de Abel Hernández.

> Veja quando será o último jogo do Flu na fase de grupos da Libertadores

- Tiramos este jogo como aprendizado né, a gente tem que aprender que não podemos bobear nem um minuto, a intensidade da Libertadores é diferente, tem que ficar ligado o tempo todo - disse o atleta.

Além disso, Nenê falou sobre a tentativa de retomada da equipe no segundo tempo. Para o jogador, o Fluminense ainda tentou o empate, após diminuir com o gol de Abel Hernández, já aos 29 da etapa final.

+ ATUAÇÕES: meio campo vai mal, time não acerta a marcação e Fluminense perde em casa para o Junior Barranquilla

- Nós tomamos um gol que nos atrapalhou no segundo tempo, até tivemos uma recuperação, tentamos empatar e quase conseguimos, mas acho que serve de lição para saber que na Libertadores não pode ter desatenção em nenhum momento.

Agora o Flu volta novamente suas atenções para a final do Campeonato Carioca. No próximo sábado, o Tricolor faz a segunda partida da decisão diante do Flamengo, às 21h05, no Maracanã. A ida foi 1 a 1. Já na Libertadores, o Tricolor encerra a fase de grupos fora de casa contra o River Plate (ARG), na terça-feira, às 19h15. Também no torneio continental, o Junior faz o clássico com o Santa Fe (COL) no mesmo dia e horário.