Mercado fechado
  • BOVESPA

    119.710,03
    -3.253,98 (-2,65%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.748,41
    -906,88 (-1,83%)
     
  • PETROLEO CRU

    65,72
    +0,44 (+0,67%)
     
  • OURO

    1.815,90
    -20,20 (-1,10%)
     
  • BTC-USD

    54.641,34
    -2.092,12 (-3,69%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.480,46
    -83,37 (-5,33%)
     
  • S&P500

    4.063,04
    -89,06 (-2,14%)
     
  • DOW JONES

    33.587,66
    -681,50 (-1,99%)
     
  • FTSE

    7.004,63
    +56,64 (+0,82%)
     
  • HANG SENG

    28.231,04
    +217,23 (+0,78%)
     
  • NIKKEI

    28.147,51
    -461,08 (-1,61%)
     
  • NASDAQ

    12.965,25
    -380,75 (-2,85%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4054
    +0,0600 (+0,95%)
     

Após adiamento provocado pela pandemia, Miss Baixada 2020 acontece neste domingo e terá transmissão on-line

Flavio Trindade
·2 minuto de leitura

Depois de ser adiado por causa da pandemia do novo coronavírus, no ano passado, o Miss Baixada 2020 acontece neste domingo e será transmitido ao vivo no YouYube. O evento, que começa às 18h, será realizado em Nova Iguaçu. Segundo os organizadores, da ONG Viva Baixada, o objetivo principal do concurso é mostrar a força e a representatividade da mulher da Baixada Fluminense, muito além da beleza.

Ao todo, serão 13 candidatas, com idades entre 15 e 21 anos, que representam as 13 cidades da Baixada: Winner Corrêa, de Belford Roxo; Giovanna Viana, de Duque de Caxias; Camila Fernandes, de Guapimirim; Hillary Jesus, de Itaguaí; Deusa Moraes, de Japeri; Wellen Alves, de Magé; Anne Izabelle, de Mesquita; Gabriela Rodrigues, de Nilópolis; Thamires Arnaut, de Nova Iguaçu; Maria Fernanda, de Paracambi; Lorena Nascimento, de Queimados; Sara Vitória, de São João de Meriti; e Isadora Faria, de Seropédica.

De acordo com Patricia de Paula, organizadora do concurso, a seleção começou em agosto do ano passado, com cada município escolhendo sua representante, em seleções já feitas em modo remoto. Cada participante gravou três vídeos diferentes em categorias que buscavam representar seu município.

Depois, foi a vez do público votar na candidata que melhor conseguisse mostrar o motivo de defender sua cidade, levando em consideração os quesitos simpatia e desenvoltura.

— Considero que este seja um projeto social e cultural, porque é um concurso de beleza, que na verdade não é de beleza. Nosso objetivo é exaltar as mulheres da Baixada como um todo. Procuramos sempre que o evento seja inclusivo, para que todas se sintam representadas, mostrem a força e o empoderamento das mulheres e resgatem a autoestima — afirmou Patricia.

‘Elas lutam todos os dias contra o machismo’

O concurso, como destacam os organizadores, não se resume apenas ao evento principal da noite. O projeto tem ainda as categorias que não concorrem, mas possuem o intuito de unir os municípios da região e valorizar a força da mulher diante da desigualdade social. Além do Miss Baixadinha e Teen, com meninas de 2 a 13 anos de idade, há a categoria Master, sem restrição de idade.

— Elas lutam todos os dias contra o machismo e o assédio, na insegurança de ir e vir do trabalho. Lutam por educação para os filhos e se unem para dar voz a mulheres da Baixada Fluminense — completa Patricia.

Ainda de acordo com informações da ONG Viva Baixada, todas as participantes desta edição ganharão cachês em dinheiro, títulos e faixas comemorativas. A vencedora receberá, ainda, registro de modelo profissional pela Sindmodel.

Para assistir ao evento on-line neste domingo, gratuitamente, basta acessar o canal do Miss Baixada no Youtube: https://www.youtube.com/missbaixada.