Mercado fechará em 39 mins
  • BOVESPA

    101.889,71
    +1.337,27 (+1,33%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    38.620,15
    -49,10 (-0,13%)
     
  • PETROLEO CRU

    40,52
    +0,49 (+1,22%)
     
  • OURO

    1.905,70
    -23,80 (-1,23%)
     
  • BTC-USD

    13.034,19
    +1.977,18 (+17,88%)
     
  • CMC Crypto 200

    263,22
    +7,12 (+2,78%)
     
  • S&P500

    3.456,27
    +20,71 (+0,60%)
     
  • DOW JONES

    28.408,46
    +197,64 (+0,70%)
     
  • FTSE

    5.785,65
    +9,15 (+0,16%)
     
  • HANG SENG

    24.786,13
    +31,71 (+0,13%)
     
  • NIKKEI

    23.474,27
    -165,19 (-0,70%)
     
  • NASDAQ

    11.653,50
    -37,75 (-0,32%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5968
    -0,0532 (-0,80%)
     

Após adiamento, Fórum Econômico Mundial anuncia nova data e local

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A organização do Fórum Econômico Mundial anunciou nesta quarta-feira (7) que sua reunião anual será entre os dias 18 e 21 de maio de 2021, não mais no inverno europeu. Além da nova estação, o encontro do próximo ano será em outra região da Suíça, em Lucerne-Bürgenstock, e não em Davos. Em comunicado, a organização do fórum diz que a reunião só ocorrerá se houver condições de garantir a segurança e a saúde de todos o participantes e também da comunidade anfitriã. O Fórum Econômico Mundial afirma que pretende voltar a Davos para o encontro de 2022. O encontro anual terá como tema central "O Grande Recomeço" e deverá focar em soluções para as demandas mais urgentes mundialmente. "Líderes globais estarão juntos para desenhar um caminho conjunto de recuperação, para moldar 'O Grande Recomeço' da era pós-Covid-19 e reconstruir uma sociedade mais coesa e sustentável", diz Adrian Monck, diretor administrativo do fórum, que assina o comunicado. A primeira edição do Fórum Econômico Mundial desde a pandemia combinará encontros presenciais e virtuais. Participantes na Suíça estarão conectados a 400 hubs distribuídos pelo mundo, segundo a organização, o que dará oportunidade de diálogo com as lideranças jovens, os Global Shapers. No comunicado nesta quarta, o fórum confirmou a realização de um encontro digital no dia 25 de janeiro chamado "Diálogos de Davos", quando "os principais líderes globais compartilharão suas visões sobre o estado do mundo em 2021".