Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.035,17
    -2.220,83 (-1,98%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.592,91
    +282,61 (+0,64%)
     
  • PETROLEO CRU

    61,66
    -1,87 (-2,94%)
     
  • OURO

    1.733,00
    -42,40 (-2,39%)
     
  • BTC-USD

    43.823,83
    -3.498,24 (-7,39%)
     
  • CMC Crypto 200

    912,88
    -20,25 (-2,17%)
     
  • S&P500

    3.811,15
    -18,19 (-0,48%)
     
  • DOW JONES

    30.932,37
    -469,63 (-1,50%)
     
  • FTSE

    6.483,43
    -168,53 (-2,53%)
     
  • HANG SENG

    28.980,21
    -1.093,99 (-3,64%)
     
  • NIKKEI

    28.966,01
    -1.202,29 (-3,99%)
     
  • NASDAQ

    12.905,75
    +74,00 (+0,58%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7636
    +0,0247 (+0,37%)
     

Após 10 meses, jovem acorda de coma sem saber da pandemia da COVID-19

Nathan Vieira
·2 minuto de leitura

Imagina entrar em coma pouco antes da pandemia acontecer, e acordar com um mundo completamente diferente, mergulhado no caos? É o caso do britânico Joseph Flavill, de 19 anos, que foi atropelado no início de 2020 e despertou neste mês de fevereiro do coma. E o mais impressionante nessa história toda, é que ele foi diagnosticado com COVID-19 duas vezes durante o período.

Joseph sofreu uma lesão cerebral traumática quando foi atropelado, em março de 2020. Na época, menos de 40 casos de COVID-19 haviam sido relatados no Reino Unido. O primeiro lockdown aconteceu só algumas semanas depois, em 23 de março. Desde então, aconteceram quase 4 milhões de casos do vírus no país.

“Ele não vai saber nada sobre a pandemia, já que está dormindo há 10 meses. Sua consciência está começando a melhorar agora, mas simplesmente não sabemos o que ele sabe. Não sei por onde começar. Um ano atrás, se alguém tivesse me contado o que iria acontecer, acho que não teria acreditado. Não tenho ideia de como Joseph vai entender o que todos nós passamos", disse a tia do rapaz, Sally Flavill Smith, durante uma entrevista ao britânico The Guardian.

De acordo com uma página do Instagram que documenta a recuperação de Joseph, ele está lentamente começando a sair do coma para um "estado minimamente consciente", podendo mover as pernas e respondendo perguntas com "sim" ou "não" com piscar de olhos.

"Escrevemos esta semana algumas notícias incríveis sobre Joe! Ele está realmente envolvido com todas as mensagens que vocês mandaram e começou a dar alguns passos realmente significativos no processo de recuperação. Ele tem seguido comandos, por exemplo, tocando sua orelha esquerda e direita quando solicitado, é capaz de mover ambas as pernas, está respondendo sim e não piscando os olhos e o mais incrível de tudo é seu senso de humor. Seus sorrisos esta semana nos fizeram chorar! Também estamos muito animados em informar que Joseph começou a despertar lentamente de seu estado de coma e está começando a responder a comandos e estímulos simples."

A família ainda não pôde visitá-lo, por causa da pandemia, mas tem se comunicado com ele pelo FaceTime. A mãe, Sharon Priestley, pôde visitá-lo no aniversário dele, em dezembro, mas teve que respeitar o distanciamento social.

“Também não sabemos o quanto ele entende sobre a pandemia, já que seu acidente foi antes do primeiro lockdown, e é quase como se ele tivesse dormido durante toda a pandemia. É difícil, pois sabemos que ele está mais alerta, mas como você explica a pandemia para alguém que está em coma?”, refletiu a tia. “Ainda temos uma longa jornada pela frente, mas os passos que ele deu nas últimas três semanas foram absolutamente incríveis”, completou.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: