Mercado fechará em 4 h 32 min

Aos 96 anos, homem trabalha há mais de 80 na mesma empresa; conheça essa história

(Reprodução/Renaux)

Aos 96 anos, Walter Orthmann levanta todos os dias às seis da manhã para se exercitar. Mais tarde, às oito horas, ele se encaminha para a empresa onde trabalha. Aposentado oficialmente há mais de 40 anos, ele continua no mercado e não pensa em parar. Nesta semana, ele foi homenageado em Brasília com a comenda da Ordem do Mérito Judiciário do Trabalho.

Morador de Santa Catarina, Orthmann está há pelo menos 80 anos no mesmo emprego, algo raro nos dias atuais. “Pra mim, a empresa é uma família, é tão bonito. Quando você chega lá, abraça, a faxineira diz bom dia, como é bonito, saber conversar com o pessoal. Todo mundo gosta da gente”, afirma, em entrevista à NSC TV.

(Reprodução/Renaux)

O idoso trabalha no mesmo local desde os 15 anos, onde foi admitido em 17 de janeiro de 1938 como office-boy. “Como office-boy, era encarregado de levar e buscar, de bicicleta, as correspondências no correio e, uma vez por mês, coletar o salário de todos os funcionários no banco”, explica a companhia, em uma página de homenagem ao funcionário.  Depois, ele passou para o setor de comercial da empresa. Walter conta que quando foi trabalhar na área, fazia todos os cálculos à mão, usando apenas a cabeça. “Não havia calculadora”, revela.

Ao se aposentar, ele decidiu continuar trabalhando e mantendo sua assiduidade.  “Não fiquei um dia em casa, até [tirar] férias pra mim é difícil”, explica.

Recorde

Tanta dedicação ao trabalho rendeu a Walter dois recordes: o brasileiro, de pessoa com o maior tempo de trabalho em uma empresa, aos 70 anos, e o mundial, ao completar 80 anos.

“Completar 80 anos de trabalho me deixa tão entusiasmado quanto no meu primeiro dia de trabalho. Mas minha rotina não muda. Vou continuar a viver como sempre fiz. Amanhã é mais um dia. Irei acordar, levantar, trabalhar e viver a vida. Simples assim”, conta o idoso, em entrevista ao site de sua empresa.

Ao receber a homenagem, Walter ofereceu ainda um conselho para quem está entrando no mercado de trabalho. Além de estudar, ele indica que quem deve seguir seu caminho deve “cuidar muito da saúde, ter uma boa dose de disciplina e ter paixão pelo que faz”. Saiba mais sobre a história de Walter: