Mercado abrirá em 55 mins
  • BOVESPA

    121.800,79
    -3.874,21 (-3,08%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.868,32
    -766,28 (-1,48%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,93
    -1,02 (-1,38%)
     
  • OURO

    1.813,30
    -3,90 (-0,21%)
     
  • BTC-USD

    39.618,56
    -2.018,65 (-4,85%)
     
  • CMC Crypto 200

    963,85
    +13,95 (+1,47%)
     
  • S&P500

    4.395,26
    -23,89 (-0,54%)
     
  • DOW JONES

    34.935,47
    -149,03 (-0,42%)
     
  • FTSE

    7.077,64
    +45,34 (+0,64%)
     
  • HANG SENG

    26.235,80
    +274,77 (+1,06%)
     
  • NIKKEI

    27.781,02
    +497,43 (+1,82%)
     
  • NASDAQ

    15.029,50
    +73,75 (+0,49%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1550
    -0,0330 (-0,53%)
     

Ao menos 26 mil doses vencidas da vacina AstraZeneca foram aplicadas no Brasil

·2 minuto de leitura
Ao menos 26 mil doses vencidas da vacina AstraZeneca foram aplicadas no Brasil
Ao menos 26 mil doses vencidas da vacina AstraZeneca foram aplicadas no Brasil

De acordo com dados de registros do Ministério da Saúde apurados pela Folha de São Paulo, ao menos 26 mil doses vencidas da vacina AstraZeneca foram aplicadas no Brasil. A situação preocupa, uma vez que o vencimento compromete a proteção contra a Covid-19.

1.532 municípios brasileiros aplicaram os imunizantes com prazo de validade expirados. Maringá, no Paraná, foi a cidade que mais aplicou as doses: 3.536 pessoas foram vacinadas com o produto da AstraZeneca fora da validade.

Vacina foi feita em parceria entre a Universidade de Oxford e a farmacêutica Astrazeneca. Imagem: Lutsenko_Oleksandr / Shutterstock.com
Vacina foi feita em parceria entre a Universidade de Oxford e a farmacêutica Astrazeneca. Imagem: Lutsenko_Oleksandr / Shutterstock.com

Atrás de Maringá aparecem Belém (PA), com 2.673, São Paulo (SP), com 996, Nilópolis (RJ), com 852, e Salvador (BA), com 824.

Um segundo problema também foi diagnosticado: mais 114 mil doses da AstraZeneca que já foram distribuídas por todo o Brasil já expiraram. Ainda não há informações se as doses foram descartadas ou se continuam sendo aplicadas.

Leia também!

Os imunizantes vencidos fazem parte de oito lotes da vacina AstraZeneca importados ou adquiridos por consórcio. Um destes lotes, inclusive, venceu pouco mais de três meses atrás, no dia 29 de março.

Numeração dos lotes e as datas de vencimento:

  • 4120Z001 – 29 março

  • 4120Z004 – 13 abril

  • 4120Z005 – 14 abril

  • CTMAV501 – 30 abril

  • CTMAV505 – 31 maio

  • CTMAV506 – 31 maio

  • CTMAV520 – 31 maio

  • 4120Z025 – 4 junho

Como descobrir se a vacina AstraZeneca que tomei está vencida

Se você foi imunizado com a vacina AstraZeneca e quer saber se ela estava expirada ou não, há duas opções para descobrir:

  • O lote da sua dose pode ser conferido na carteira individual de vacinação. Basta conferir se a numeração é a mesma de algum dos oito lotes com doses vencidas;

  • Você pode acessar o site da Folha de São Paulo e verificar pelo estado, cidade ou unidade de saúde pela qual você foi imunizado

Vacina AstraZeneca possui 64% de eficácia contra variante indiana da Covid-19

O imunizante contra a Covid-19 desenvolvido pela Universidade de Oxford em parceira com a farmacêutica AstraZeneca registrou uma eficácia de 64% contra a variante Delta, encontrada na Índia. O imunizante também foi 92% eficaz em prevenir casos graves da doença e internações.

Eficácia AstraZeneca

O estudo realizado entre os dias 12 de abril e 4 de junho foi publicado na revista Public Health England (PHE) e ainda precisa passar por revisões. A pesquisa analisou 14.019 casos de pacientes com a Cepa delta NA Inglaterra. Destes, 166 tiveram complicações e precisaram ser internados.

Para saber mais, acesse a reportagem do Olhar Digital.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos