Mercado fechado
  • BOVESPA

    120.348,80
    -3.131,73 (-2,54%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.892,28
    -178,63 (-0,39%)
     
  • PETROLEO CRU

    52,04
    -1,53 (-2,86%)
     
  • OURO

    1.827,70
    -23,70 (-1,28%)
     
  • BTC-USD

    36.724,63
    -501,83 (-1,35%)
     
  • CMC Crypto 200

    701,93
    -33,21 (-4,52%)
     
  • S&P500

    3.768,25
    -27,29 (-0,72%)
     
  • DOW JONES

    30.814,26
    -177,26 (-0,57%)
     
  • FTSE

    6.735,71
    -66,25 (-0,97%)
     
  • HANG SENG

    28.573,86
    +77,00 (+0,27%)
     
  • NIKKEI

    28.519,18
    -179,08 (-0,62%)
     
  • NASDAQ

    12.759,00
    -142,00 (-1,10%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3926
    +0,0791 (+1,25%)
     

Ao L!, jornalista italiano afirma: 'Há música e há The Beatles; Existe o futebol e existe Maradona'

João Brandão
·1 minuto de leitura


Maradona morreu na tarde desta quarta-feira após sofrer uma parada cardiorrespiratória aos 60 anos. Apesar de sua ida, o seu período como jogador ficará marcado para sempre na história do futebol. Em entrevista ao LANCE!, o jornalista Alex Milone, do "MondoSportivo", afirmou qual a importância do ídolo para o Napoli, clube em que atuou entre 1984 e 1991.

- Maradona cegou quando o Napoli precisava de uma figura internacional. Ele trouxe entusiasmo, vitórias e trouxe o amor da parte popular de Nápoles como ele era. O Napoli é Maradona. Muitos jogadores talentosos passaram e estão passando, mas o Napoliserá sempre Maradona. Seu estilo, seu modo de viver a cidade, até os problemas, arrastaram o amor do povo.

O jornalista também admitiu que nunca existiu ninguém como Maradona e o comparou a maior banda de música de todos os tempos.

- Como na música: há música e há The Beatle; existe o futebol e existe Maradona. Absolutamente sim (sobre ser o melhor jogador da história). Não houve ninguém como ele.

Sobre os momentos mais marcantes da trjetória do camisa 10 na Itália, Milone afirmou que as conquistar ficarão marcadas.

- Os campeonatos vencidos, sem dúidas. O Napoli voltou a vencer graças ao seu talento, sua habilidade. Seus gols, até seus erros. A falta contra Tacconi, inesquecível.

Maradona deixa lembranças na Argentina, na Itália e no mundo. O craque foi o atleta que chegou mais próximo de Pelé e é símbolo de religião em seu país, por conta da sua importância para diversas pessoas.