Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.402,27
    +1.930,27 (+1,81%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.354,86
    +631,46 (+1,35%)
     
  • PETROLEO CRU

    90,46
    -0,30 (-0,33%)
     
  • OURO

    1.805,20
    0,00 (0,00%)
     
  • BTC-USD

    23.790,79
    +666,23 (+2,88%)
     
  • CMC Crypto 200

    559,83
    +16,96 (+3,12%)
     
  • S&P500

    4.140,06
    -5,13 (-0,12%)
     
  • DOW JONES

    32.832,54
    +29,04 (+0,09%)
     
  • FTSE

    7.482,37
    +42,63 (+0,57%)
     
  • HANG SENG

    20.045,77
    -156,13 (-0,77%)
     
  • NIKKEI

    28.249,24
    +73,34 (+0,26%)
     
  • NASDAQ

    13.217,00
    +33,75 (+0,26%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2124
    +0,0030 (+0,06%)
     

Anvisa autoriza venda de novo produto medicinal à base de cannabis

·1 min de leitura

BRASÍLIA - A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou nesta quarta-feira a importação de mais um produto medicinal à base de cannabis, o Canabidiol Verdemed (23,75 mg/mL). É o oitavo produto à base de cannabis aprovado pela agência.

O medicamento poderá ser comercializado em farmácias e drogarias com prescrição médica por meio de receita do tipo B (de cor azul). Segundo a Anvisa, com a autorização, a empresa pode importar o produto já pronto para uso e iniciar a distribuição e comercialização no país.

Em nota, a agência ressalta que, conforme disposto em norma, o canabidiol poderá ser prescrito quando estiverem esgotadas outras opções terapêuticas disponíveis no mercado brasileiro.” A indicação e a forma de uso do produto são de responsabilidade do médico prescritor, sendo que os pacientes devem ser orientados em detalhes sobre o uso do canabidiol”, diz o texto.

Também já foram aprovados pela agência os seguintes produtos: canabidiol Prati-Donaduzzi (20 mg/mL, 50 mg/mL e 200 mg/mL); canabidiol NuNature (17,18 mg/mL); canabidiol NuNature (34,36 mg/mL); canabidiol Farmanguinhos (200 mg/mL); canabidiol Verdemed (50 mg/mL); extrato de Cannabis sativa Promediol (200 mg/mL) e extrato de cannabis sativa Zion Medpharma (200 mg/mL).

A Anvisa aprovou a regulamentação dos produtos à base de cannabis em dezembro de 2019. Com a decisão, produtos feitos com a planta para uso medicinal podem ser vendidos em farmácias, mediante prescrição médica, e ficam sujeitos à fiscalização da agência.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos