Mercado abrirá em 9 h 14 min
  • BOVESPA

    117.560,83
    +363,01 (+0,31%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.326,68
    +480,88 (+1,05%)
     
  • PETROLEO CRU

    88,33
    -0,12 (-0,14%)
     
  • OURO

    1.718,20
    -2,60 (-0,15%)
     
  • BTC-USD

    20.014,44
    -355,09 (-1,74%)
     
  • CMC Crypto 200

    455,28
    -7,85 (-1,69%)
     
  • S&P500

    3.744,52
    -38,76 (-1,02%)
     
  • DOW JONES

    29.926,94
    -346,93 (-1,15%)
     
  • FTSE

    6.997,27
    -55,35 (-0,78%)
     
  • HANG SENG

    17.816,59
    -195,56 (-1,09%)
     
  • NIKKEI

    27.149,76
    -161,54 (-0,59%)
     
  • NASDAQ

    11.524,50
    -17,25 (-0,15%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1212
    +0,0077 (+0,15%)
     

Anticoncepcional masculino em forma de vacina pode chegar em 2023

A ciência está concentrada no desenvolvimento de uma vacina anticoncepcional par homens, prevista para chegar em 2023. A novidade está nas mãos do Instituto Indiano de Tecnologia, e esse contraceptivo leva o nome de Risug (Inibição Reversível do Esperma Sob Controle).

Trata-se de um gel feito de polímero chamado anidrido maleico de estireno que atua danificando as caudas dos espermatozoides e impedindo-os de fertilizar um óvulo. O procedimento leva apenas alguns minutos, e pode ser revertido a qualquer momento com uma injeção de água e bicarbonato de sódio. Ou seja, ele não é tão definitivo quanto a vasectomia, que embora reversível, oferece o risco de não ter uma reversão bem sucedida, principalmente se passar muito tempo desde o procedimento.

Para chegar no produto, os pesquisadores conduziram testes em 300 voluntários, e se depararam com 97% de eficácia. Os efeitos contraceptivos foram observados em até 6 meses. Na prática, a substância é aplicada nos dois ductos deferentes, canais que transportam os espermatozoides. Uma anestesia local é feita no escroto antes das duas aplicações da vacina anticoncepcional.

Anticoncepcional masculino em forma de vacina pode chegar em 2023 (Imagem: FabrikaPhoto/Envato)
Anticoncepcional masculino em forma de vacina pode chegar em 2023 (Imagem: FabrikaPhoto/Envato)

Dentre os efeitos colaterais da vacina, constam inchaço escrotal temporário e dor na região. No entanto, passa relativamente rápido (cerca de um mês, no máximo), e nenhum efeito colateral adverso foi relatado durante os testes em humanos.

O anticoncepcional masculino em forma de vacina não é baseado em hormônios, o que representa uma vantagem. considerando que o mecanismo de ação da testosterona é bem mais amplo no corpo, e sua inibição oferece uma série de efeitos considerados mais graves, como perda de libido, mudanças de humor e disfunção erétil. Resta esperar pela chegada do gel.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: