Mercado fechado
  • BOVESPA

    123.576,56
    +1.060,82 (+0,87%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.633,91
    +764,43 (+1,50%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,14
    -0,42 (-0,60%)
     
  • OURO

    1.813,10
    -1,00 (-0,06%)
     
  • BTC-USD

    38.488,75
    -815,73 (-2,08%)
     
  • CMC Crypto 200

    939,79
    -3,65 (-0,39%)
     
  • S&P500

    4.423,15
    +35,99 (+0,82%)
     
  • DOW JONES

    35.116,40
    +278,24 (+0,80%)
     
  • FTSE

    7.105,72
    +24,00 (+0,34%)
     
  • HANG SENG

    26.194,82
    -40,98 (-0,16%)
     
  • NIKKEI

    27.519,36
    -122,47 (-0,44%)
     
  • NASDAQ

    15.033,00
    -13,25 (-0,09%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1724
    +0,0069 (+0,11%)
     

Anthony Mackie afirma ter realizado sonho ao interpretar Capitão América

·2 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O ator Anthony Mackie, 42, afirmou, no podcast Awards Circuit da Variety, que quando vestiu pela primeira vez as roupas do Capitão América, interpretado anteriormente por Chris Evans, 40, para a série "Falcão e o Soldado Invernal" (Marvel Studios), experimentou 1.000 emoções em um minuto.

"Trabalhei tanto tempo neste negócio e fiz tantas coisas que senti que não eram apreciadas, ou negligenciadas, ou coisas que não eram consideradas dignas de promoção - e esta é como minha primeira promoção", afirmou o ator.

"A ideia de ser o Capitão América era algo que eu nunca imaginei, porque era tão improvável", diz ele. "Eu queria estar em filmes de quadrinhos para eu poder ser o cara do 'Homem-Aranha' que diz 'É o Homem-Aranha!'. Isso era o mais longe que minha ambição poderia me levar nesse universo."

Mackie, que interpreta o personagem Sam Wilson no universo Marvel, afirma que as limitações de seus sonhos e ambições estavam relacionadas à sua vivência como um homem negro nos Estados Unidos. "O medo de representar um país que não representa você, você sabe, era algo que não só é insondável, mas difícil de superar", disse.

"Meu pai sempre dizia que grandeza está até onde você pode ver. Existem limitações que colocamos em nós mesmos pelo que está ao nosso redor. E, você sabe, eu fiz isso comigo mesmo, e é definitivamente por isso que Sam Wilson passa", reflete ele dizendo que se chamar de Capitão América foi um pouco opressor para ele.

"Não tem tanto a ver com se tornar o Capitão América, tem a ver com realizar meus sonhos. É uma lição de humildade quando você consegue a oportunidade que sempre sonhou", continua o ator. Na entrevista ele também comentou sobre o fato de alguns fãs da produção enxergarem seu personagem e Buck Barnes (Sebastian Stan) como um casal.

"Eles têm uma relação na qual aprendem a aceitar, apreciar e amar um ao outro. Pode chamar de 'bromance', mas são apenas dois caras que se apoiam", concluiu Mackie negando um possível romance entre o Falcão e o Soldado Invernal.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos