Mercado fechado

Antes de estrear, série de Senhor dos Anéis já tem segunda temporada confirmada

Felipe Demartini

A Amazon confirmou a renovação de sua série original baseada na saga O Senhor dos Anéis, que sequer estreou. O anúncio demonstra confiança na ambiciosa produção, que ainda está em fase de pré-produção e nem mesmo teve elenco ou data de estreia confirmados, uma vez que as filmagens devem começar apenas no ano que vem, na Nova Zelândia.

A informação sobre a renovação foi publicada em caráter extraoficial pela imprensa internacional e ainda não foi confirmada pela Amazon, mas desde já demonstra a grande aposta que a companhia está fazendo no seriado. Para os fãs, a notícia é boa. O show terá um segundo ano e a história, passada milhares de anos antes dos eventos vistos nos filmes de Peter Jackson, terá longevidade.

A ideia, inclusive, é que o seriado siga a mesma estética dos filmes, já que, além do Amazon Studios, também estão envolvidas a Warner Bros, responsável por levar as adaptações aos cinemas, e o fundo responsável pelos direitos das obras de J.R.R. Tolkien. JD Payne e Patrick McKay, que também serão responsáveis pelo novo filme de Star Trek, são os showrunners e roteiristas da atração.

De acordo com as informações preliminares divulgadas pela Amazon, a série de O Senhor dos Anéis deve se passar em um período conhecido como Segunda Era. É o momento em que os Anéis do Poder, incluindo o Um Anel forjado por Sauron, passam a ser uma peça-chave nos conflitos desse universo.

Apesar de ausência de informações oficiais, os rumores já confirmam alguns nomes para o elenco. Will Poulter (Maze Runner), Joseph Mawle (Game of Thrones) e Markella Kavenagh (Romper Stomper) estariam entre os primeiros nomes confirmados, com ela estando ligada a uma personagem chamada Tyra, que teria sido criada originalmente para a série e não faria parte da mitologia dos livros.

A série de O Senhor dos Anéis também não teve data de estreia confirmada, mas como uma produção original Amazon, deve estar disponível exclusivamente no serviço da companhia, o Prime Video. No Brasil, a assinatura custa R$ 9,90 por mês e inclui outros serviços como uma plataforma de música e livros ou frete grátis em compras no e-commerce.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: