Mercado abrirá em 1 h 26 min
  • BOVESPA

    125.675,33
    -610,27 (-0,48%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.634,60
    +290,49 (+0,57%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,47
    -0,15 (-0,20%)
     
  • OURO

    1.831,70
    -4,10 (-0,22%)
     
  • BTC-USD

    38.960,86
    -1.209,38 (-3,01%)
     
  • CMC Crypto 200

    925,70
    -4,66 (-0,50%)
     
  • S&P500

    4.419,15
    +18,51 (+0,42%)
     
  • DOW JONES

    35.084,53
    +153,60 (+0,44%)
     
  • FTSE

    7.020,34
    -58,08 (-0,82%)
     
  • HANG SENG

    25.961,03
    -354,29 (-1,35%)
     
  • NIKKEI

    27.283,59
    -498,83 (-1,80%)
     
  • NASDAQ

    14.889,25
    -148,50 (-0,99%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0282
    -0,0123 (-0,20%)
     

Antes em alta, Rodrigues fica cada vez mais longe de permanecer no Grêmio

·1 minuto de leitura


Se até pouco tempo o zagueiro Rodrigues era visto no Grêmio como nome certo para atuar nas ausências de Geromel e Kannemann (ou mesmo em períodos onde ambos estivessem clinicamente aptos a atuar), agora a situação do defensor de 23 anos indica cada vez mais que seu futuro, em breve, será longe do clube.

>Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

Depois de chegar em 2018 do ABC para o Time de Transição, os problemas seguidos no setor defensivo forçaram o então técnico Renato Portaluppi a escalar o atleta que agradou de imediato na equipe principal. Ao ponto de, inclusive, chegar a atuar improvisado como lateral pensando em melhor composição de marcação no lado direito da zaga.

Os principais elementos que atrapalham a continuidade do atleta no Imortal são tanto a diferença de análise feita pela situação por parte da diretoria e por parte do staff que representa o jogador e, em consequência, o "enrosco" que isso tem causado em negociações pela renovação contratual de Rodrigues.

Do lado de quem defende os interesses do jogador, o cenário de ausência das partidas desde o último dia 20 de maio no 6 a 2 aplicado contra o Aragua pela Sul-Americana não agrada pensando na valorização do passe de Rodrigues onde 70% dos direitos estão ligados ao Grêmio.

Já na avaliação da diretoria gremista, negociar o atleta implicaria em uma busca no mercado por reposição, algo que não faz parte dos planos de quem gerencia o clube. Além disso, em conversa recente apontada pelo portal 'ge', houve uma tentativa da cúpula gerencial em tranquilizar o staff do atleta assegurando que ele receberá oportunidades em breve.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos