Mercado fechado

Antecessor do Volkswagen ID.Buzz Cargo elétrico foi criado 50 anos atrás

O modelo da Volkswagen foi desenvolvido como um protótipo de testes (Divulgação)
O modelo da Volkswagen foi desenvolvido como um protótipo de testes (Divulgação)
  • Inicialmente, foi comercializado em um número limitado

  • O veículo pesava 2,2 toneladas por causa de uma bateria com 880 quilos

  • Agora, o ID.Buzz Cargo conta com uma bateria de 77 kWh

Cada vez mais os veículos elétricos têm chamado a atenção dos consumidores. No entanto, não é de hoje que as marcas têm desenvolvidos automóveis movidos à eletricidade.

Em 1973, a Volkswagen lançou o T2 totalmente elétrico. O modelo foi desenvolvido como um protótipo de testes. Anos mais tarde, foi comercializado em um número limitado para apenas alguns clientes empresariais, com utilizações muito específicas.

O veículo pesava 2,2 toneladas, por causa de uma bateria com 880 quilos com capacidade de 21,6 kWh. Cinco décadas depois, o ID.Buzz Cargo conta agora com uma bateria de 77 kWh, que pesa somente 500 quilos.

Como a autonomia da T2 elétrica era de apenas cerca de 85 quilómetros, foi criado um sistema de mudança de baterias considerado muito inovador para a época: durante um teste na frota de um grande cliente com sete T2 em Berlim, o posto de troca de bateria levou apenas cinco minutos a substituir uma vazia por outra totalmente carregada.

Ele também é capaz de fazer inversão de marcha em apenas onze metros, o que prazer de condução mesmo em espaços mais apertados, o que deixa o veículo adequado para a cidade e parques de estacionamento estreitos.

Cinquenta anos depois, o design e as funcionalidades do veículo foram modernizadas, deixando o automóvel com uma cara mais próxima do que é comercializado no século XXI. Mas a inovação começou muito antes dos consumidores se preocuparem efetivamente em reduzir o uso de combustíveis fósseis.