Mercado fechado
  • BOVESPA

    101.259,75
    -657,98 (-0,65%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    38.707,72
    +55,53 (+0,14%)
     
  • PETROLEO CRU

    39,78
    -0,86 (-2,12%)
     
  • OURO

    1.903,40
    -1,20 (-0,06%)
     
  • BTC-USD

    13.295,95
    -16,18 (-0,12%)
     
  • CMC Crypto 200

    260,05
    -1,40 (-0,54%)
     
  • S&P500

    3.465,39
    +11,90 (+0,34%)
     
  • DOW JONES

    28.335,57
    -28,09 (-0,10%)
     
  • FTSE

    5.860,28
    +74,63 (+1,29%)
     
  • HANG SENG

    24.918,78
    +132,65 (+0,54%)
     
  • NIKKEI

    23.516,59
    +42,32 (+0,18%)
     
  • NASDAQ

    11.669,25
    +19,50 (+0,17%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6639
    +0,0538 (+0,81%)
     

O que você precisa saber sobre a Ant Financial, possível a maior IPO da história

Finanças Internacional
·4 minutos de leitura
(Foto: Wu Jun/VCG via Getty Images)
(Foto: Wu Jun/VCG via Getty Images)

Esse unicórnio está longe de ser só um mito.

Em junho, a Ant Financial passou a se chamar Ant Group em uma tentativa aparente de enfatizar a tecnologia em vez de finanças e afastar os órgãos reguladores financeiros chineses. Na última terça-feira, a empresa protocolou a documentação para abrir seu capital em uma listagem dupla, em Xangai e Hong Kong.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

A oferta tem potencial para abafar os US$ 29 bilhões captados pela oferta pública inicial da Saudi Aramco, listada em dezembro do ano passado no mercado local do país. Se os números almejados pela Ant se mantiverem, esta será a maior IPO da história.

Leia também

O feito é condizente com a startup privada de tecnologia mais valiosa do mundo, avaliada em US$ 150 bilhões em 2018, após uma rodada recorde de captação de recursos de US$ 14 bilhões. Agora, a meta é um valor de mercado de US$ 225 bilhões.

Mas o que a Ant faz e como se tornou tão valiosa?

Antes da IPO de US$ 25 bilhões da Alibaba em 2014 (a maior do mundo até a da Saudi Aramco), Jack Ma, CEO da Alibaba, decidiu ampliar seu departamento de pagamentos, adotando o nome Zhejiang Ant Small & Micro Financial Services Group, que depois foi reduzido para apenas Ant Financial Services Group. O objetivo evidente era eventualmente abrir o capital da Ant de forma independente da empresa principal. Quatro anos depois, a Alibaba adquiriu 33% da Ant. O CEO do Ant Group é Simon Hu, pupilo da Alibaba, mas Jack Ma é o maior acionista da empresa. (No pedido de IPO protocolado, o Ant Group afirma que sua "origem e filiação preservada com a Alibaba são fontes de força e propósito".)

O carro-chefe da Ant é o Alipay, o aplicativo de pagamentos digitais mais usado da China. O produto detém mais de 50% do mercado de pagamentos por dispositivos móveis chinês, o maior do mundo. Especialistas não veem a revolução dos pagamentos por dispositivos móveis desacelerando tão cedo e, nesse mercado, o Alipay é o rei mundial. A empresa ainda vende serviços de tecnologia a outras empresas financeiras e de comércio eletrônico da China.

O Alipay foi lançado em 2004 e atingiu 1,2 bilhão de usuários no ano passado. Quase todo o crescimento se deu na Ásia, embora o serviço tenha firmado uma série de parcerias nos EUA com redes como Walgreens e Neiman Marcus, para que os clientes da China possam fazer compras nos EUA pelo Alipay. Em 2019, o Alipay também liberou seu aplicativo para turistas americanos na China — isso antes de a pandemia da COVID-19 paralisar o turismo global por um bom tempo.

Os usuários fazem mais de 100 milhões de transações móveis por dia no Alipay. O maior concorrente do aplicativo na China é o WeChat Pay, produto da Tencent, rival da Alibaba.

Além disso, o Yu'ebao, maior fundo de mercado monetário da China, que detém um patrimônio de US$ 170 bilhões, também é do Ant Group. A empresa se projeta como muito mais do que um mero serviço de pagamentos: sua missão abertamente declarada é "facilitar o comércio no mundo inteiro".

A oferta pública da Ant se destaca em relação ao festival de IPOs que está para acontecer nos EUA: Airbnb, DoorDash, Snowflake e Palantir (por colocação direta) planejam abrir seu capital até o fim deste ano, mas nenhum dos negócios é lucrativo, por enquanto.

O Ant Group, por sua vez, é extremamente lucrativo. O pedido de IPO da empresa indica US$ 3,2 bilhões de lucro no primeiro semestre de 2020, com receita de US$ 10,5 bilhões no mesmo período, o que revela um crescimento anual de 1.000% — e esse lucro impressionante se deu em meio a uma pandemia global.

Daniel Roberts

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube