Mercado fechado
  • BOVESPA

    106.247,15
    -2.542,18 (-2,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.394,03
    -1.070,00 (-2,08%)
     
  • PETROLEO CRU

    109,24
    -0,35 (-0,32%)
     
  • OURO

    1.815,40
    -0,50 (-0,03%)
     
  • BTC-USD

    28.975,07
    -1.337,91 (-4,41%)
     
  • CMC Crypto 200

    650,57
    -20,11 (-3,00%)
     
  • S&P500

    3.923,68
    -165,17 (-4,04%)
     
  • DOW JONES

    31.490,07
    -1.164,52 (-3,57%)
     
  • FTSE

    7.438,09
    -80,26 (-1,07%)
     
  • HANG SENG

    20.644,28
    +41,76 (+0,20%)
     
  • NIKKEI

    26.911,20
    +251,45 (+0,94%)
     
  • NASDAQ

    11.905,75
    -29,75 (-0,25%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2218
    +0,0114 (+0,22%)
     

ANS toma decisão definitiva e encerra vaivém de plano individual da Amil

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Em uma nova decisão, agora definitiva, a ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) anulou a transferência da carteira de beneficiários individuais da Amil para a operadora APS, do Grupo Amil, feita na virada do ano.

A decisão foi reiterada pela Diretoria Colegiada da agência reguladora em reunião nesta sexta-feira (29).

"Com a declaração de nulidade da decisão que autorizou a transferência da carteira da Amil para a APS, a transferência de carteira não possui mais o respaldo legal e necessário da ANS, e, por isso, a APS deve devolver imediatamente a carteira para a Amil", diz a agência em nota.

As operadoras têm 20 dias para comunicar a reintegração aos beneficiários. Segundo a agência, são mais de 300 mil beneficiários em São Paulo, Rio de Janeiro e Paraná.

A ANS diz que tomou a decisão após constatar que a APS não seria capaz de administrar com autonomia a carteira adquirida. Ainda segundo o órgão, isso colocaria em risco a continuidade e a qualidade da assistência aos consumidores.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos