Mercado fechará em 4 h 30 min
  • BOVESPA

    122.136,25
    +255,43 (+0,21%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.268,20
    +48,94 (+0,10%)
     
  • PETROLEO CRU

    65,99
    +0,62 (+0,95%)
     
  • OURO

    1.865,70
    +27,60 (+1,50%)
     
  • BTC-USD

    44.003,36
    -3.935,08 (-8,21%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.216,67
    +18,76 (+1,57%)
     
  • S&P500

    4.152,20
    -21,65 (-0,52%)
     
  • DOW JONES

    34.205,25
    -176,88 (-0,51%)
     
  • FTSE

    7.039,08
    -4,53 (-0,06%)
     
  • HANG SENG

    28.194,09
    +166,52 (+0,59%)
     
  • NIKKEI

    27.824,83
    -259,67 (-0,92%)
     
  • NASDAQ

    13.261,00
    -126,00 (-0,94%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3900
    -0,0140 (-0,22%)
     

ANP revoga 224 atos normativos defasados

·1 minuto de leitura

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A diretoria da reguladora do setor de petróleo ANP aprovou nesta quinta-feira a revogação de 224 atos normativos, cujos efeitos já haviam se extinguido ou cuja necessidade ou significado não existem mais, informou a agência em comunicado.

Dentre os atos revogados estavam duas instruções normativas e 222 portarias.

A medida, segundo a ANP, visa à simplificação administrativa e à consolidação normativa. Também atende a um decreto que determina a revisão e a consolidação de atos normativos.

"A eliminação de regulamentos desnecessários facilita a gestão e a consulta ao estoque regulatório da ANP por parte da sociedade e do mercado regulado", disse a agência.

Mesmo antes da publicação do decreto, a ANP pontuou que já vinha realizando o trabalho de gestão do estoque regulatório.

Desde 2014 já foram revogadas 1.321 normas, incluindo as 224 decididas hoje, disse a autarquia.

(Por Marta Nogueira)