Mercado fechado

ANP reduz mistura de biodiesel no diesel para 10% até domingo

SÃO PAULO (Reuters) - A diretoria colegiada da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) aprovou a redução temporária, até o próximo domingo, no percentual da mistura obrigatória de biodiesel ao óleo diesel, de 12% para 10%, por temores sobre a oferta do biocombustível, disse a ANP nesta terça-feira.

Segundo o comunicado, a medida é necessária para dar continuidade ao abastecimento nacional e contou com a concordância do Ministério de Minas e Energia (MME).

"As entregas de biodiesel previstas para o período citado (de 16 a 21 de junho) poderiam não ser suficientes para atender à mistura de 12% ao diesel B, que vem sendo bastante consumido, apesar da atual situação de pandemia."

O último leilão de biodiesel número 73, finalizado na sexta-feira, registrou o maior volume comercializado, com mais de 1 bilhão de litros arrematados, e também teve a maior movimentação financeira da história, superando 4 bilhões de reais, segundo o MME.

Os grandes volumes envolvidos na operação, que resultaram em uma alta de quase 30% no valor do produto ante o leilão anterior, foram registrados após uma redução nas retiradas mínimas de biodiesel pelas distribuidoras para o leilão 72, estabelecida em 80%, ante 95% originalmente.

Essa medida foi tomada diante de incertezas sobre o impacto do coronavírus no consumo.

Contudo, o mercado de diesel se mostrou menos afetado pela queda de consumo decorrente de medidas para controlar a disseminação do coronavírus, conforme ficou demostrado pela forte demanda no leilão 73.

A ANP ainda marcou um leilão complementar ao 72.


(Por Nayara Figueiredo)