ANP divulga produção recorde de pré-sal em setembro

A Agência Nacional do Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANP) divulgou nesta quinta-feira que a produção do pré-sal de setembro foi recorde no País, totalizando 220,1 mil barris de óleo equivalente por dia, 8,3% a mais do que em agosto. A produção apenas de óleo foi de 182 mil barris/dia, enquanto a produção de óleo incluindo o pós-sal caiu 4% no mês, para 1,924 milhão de barris por dia.

Além da queda registrada no mês, o impulso extra vindo do pré-sal em setembro pode ter sido momentâneo. Os números de outubro do pré-sal, que devem ser divulgados daqui a um mês, devem apresentar pequeno recuo em relação a setembro.

Segundo o diretor de Exploração e Produção da Petrobras, José Miranda Formigli, uma mudança de locação da plataforma Cidade de São Vicente, em fase de teste de longa duração, reduziu temporariamente a produção da companhia no pré-sal. A plataforma está sendo deslocada do campo de Iracema Sul para Sapinhoá Norte.

"Não adianta ficar tentando controlar a produção no dia a dia, pois ela é naturalmente variável", disse Formigli, em entrevista à imprensa na última terça-feira (06), em evento em Vitória para celebrar a produção do Campo de Baleia Azul (litoral capixaba da Bacia de Campos), que está produzindo hoje 65 mil barris de óleo por dia e deve chegar a 100 mil em fevereiro.

Carregando...