Mercado abrirá em 3 h 3 min
  • BOVESPA

    121.800,79
    -3.874,21 (-3,08%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.868,32
    -766,28 (-1,48%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,07
    -0,88 (-1,19%)
     
  • OURO

    1.810,80
    -6,40 (-0,35%)
     
  • BTC-USD

    39.681,53
    -2.204,48 (-5,26%)
     
  • CMC Crypto 200

    968,13
    +18,23 (+1,92%)
     
  • S&P500

    4.395,26
    -23,89 (-0,54%)
     
  • DOW JONES

    34.935,47
    -149,03 (-0,42%)
     
  • FTSE

    7.107,40
    +75,10 (+1,07%)
     
  • HANG SENG

    26.235,80
    +274,77 (+1,06%)
     
  • NIKKEI

    27.781,02
    +497,43 (+1,82%)
     
  • NASDAQ

    15.043,00
    +87,25 (+0,58%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1550
    -0,0330 (-0,53%)
     

ANP autoriza Aruanã Energia a importar GNL dos EUA para o Brasil

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO (Reuters) - A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) autorizou a Aruanã Energia a importar gás natural liquefeito (GNL) proveniente dos Estados Unidos no mercado de curto prazo ("spot"), conforme publicação no Diário Oficial da União desta segunda-feira.

De acordo com a medida, a autorização é válida para a importação de até 14 milhões de metros cúbicos por dia de GNL regaseificado, visando o Nordeste como mercado potencial.

Com transporte via marítima, o Porto de Suape foi citado como local previsto de entrega.

A autorização possui validade de dois anos a partir da data de publicação no diário oficial, acrescentou a ANP.

(Por Gabriel Araujo)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos