Mercado fechará em 1 h

ANP aprova Equinor, Ecopetrol, Qatar, Sinopec e Petrogal para oferta de partilha

Plataforma Carioca em Angra dos Reis

(Reuters) - A reguladora do setor de petróleo e gás do Brasil, a ANP, aprovou a inscrição de mais cinco empresas para a Oferta Permanente de Partilha da Produção (OPP), informou a agência nesta sexta-feira, totalizando 13 companhias inscritas para a oferta.

As empresas recém-aprovadas foram a norueguesa Equinor; a colombiana Ecopetrol; QatarEnergy Brasil Ltda.; a chinesa Sinopec e a Petrogal, da portuguesa Galp.

As outras oito empresas haviam sido aprovadas pela agência em agosto, entre elas a Petrobras.

A ANP também informou que a Petrobras e a Chevron Brasil Óleo e Gás foram aprovadas como operadoras A+ para o 1º Ciclo da OPP, conforme publicação no Diário Oficial da União.

Elas se juntarão à Shell Brasil Petróleo, que já havia sido qualificada como operadora A+ para esse 1º Ciclo, cujo leilão está marcado para o dia 16 de dezembro.

A qualificação "A+" é uma novidade trazida no sistema da OPP, com o objetivo de habilitar licitantes na condição de operadora no regime de contratação de partilha de produção.

(Por Rafaella Barros)