Mercado abrirá em 1 h 11 min

Anitta, Sonza, Gagliasso e mais famosos defendem o SUS após decreto de Bolsonaro

Lucas Pasin
·2 minuto de leitura
Anitta, Luisa Sonza e Bruno Gagliasso defendem o SUS
Anitta, Luisa Sonza e Bruno Gagliasso defendem o SUS

Diversos famosos usaram suas redes sociais nesta quarta-feira (28) para se manifestar contra um decreto publicado ontem pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Anitta, Luisa Sonza, Bruno Gagliasso, Taís Araújo, Leandra Leal e Daniela Mercury foram algumas das celebridades que postaram sobre o assunto.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 minuto e receba todos os seus e-mails em um só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook e Twitter

No decreto, Bolsonaro pede estudos para avaliar a possibilidade de conceder à iniciativa privada as Unidades Básicas de Saúde, a porta de entrada para o Sistema Único de Saúde). A medida governamental tentaria um espaço para a privatização da saúde pública no país.

Como bem lembrou o sanitarista Daniel Dourado no Twitter, não há possibilidade de privatização do SUS, porque a saúde é direito social garantido pela Constituição. "É uma cláusula pétrea: não pode haver mudança por emenda constitucional", escreveu o pesquisador da USP e médico sanitarista.

Leia também

Gregório Duvivier escreveu: ""Ironia do destino é o arrombado que levou uma facada e teve a vida salva pelo SUS querer privatizar o sistema e deixar o povo que não tem condições de se tratar em clínicas particulares entregue à própria sorte. #DefendaoSUS".

Taís Araújo opinou: ""Privatizar o SUS é deixar a população mais pobre entregue a própria sorte. Não faz sentido! #DefendamOSUS".

Veja mais posicionamentos de famosos: