Mercado fechará em 24 mins
  • BOVESPA

    123.638,99
    +1.123,25 (+0,92%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.668,93
    +799,45 (+1,57%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,61
    -0,65 (-0,91%)
     
  • OURO

    1.813,90
    -8,30 (-0,46%)
     
  • BTC-USD

    38.272,12
    -1.169,10 (-2,96%)
     
  • CMC Crypto 200

    934,24
    -9,20 (-0,97%)
     
  • S&P500

    4.421,54
    +34,38 (+0,78%)
     
  • DOW JONES

    35.105,95
    +267,79 (+0,77%)
     
  • FTSE

    7.105,72
    +24,00 (+0,34%)
     
  • HANG SENG

    26.194,82
    -40,98 (-0,16%)
     
  • NIKKEI

    27.641,83
    -139,19 (-0,50%)
     
  • NASDAQ

    15.038,50
    +85,75 (+0,57%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1525
    +0,0084 (+0,14%)
     

Animação com corte de compulsório diminui e ações da China recuam

·2 minuto de leitura

XANGAI (Reuters) – As ações chinesas fecharam com mais de 1% de baixa nesta quarta-feira depois de dois dias consecutivos de ganhos, conforme se dissipa a animação com o corte do compulsório, enquanto as tensões com os Estados Unidos pesam sobre o sentimento.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, caiu 1,15%, enquanto o índice de Xangai teve queda de 1,07%.

As ações chinesas haviam avançado nesta semana, impulsionadas pelo corte da taxa de compulsório promovido pelo banco central e anunciada no final da sexta-feira. O Banco do Povo da China disse na terça-feira que o movimento não altera sua postura de política monetária prudente.

O corte de 50 pontos básicos no compulsório “não deve ser suficiente para reverter a tendência de baixa no crescimento, já que o peso da desaceleração do setor imobiliário é forte demais para compensar”, escreveu Ting Lu, economista-chefe do Nomura.

Na terça-feira, o governo dos EUA intensificou seus alertas a empresas sobre os riscos crescentes de ter cadeia de oferta e ligações de investimento com a região chinesa de Xinjiang, citando trabalho forçado e abusos do direitos humanos lá.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 0,38%, a 28.608 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 0,63%, a 27.787 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 1,07%, a 3.528 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 1,15%, a 5.083 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve desvalorização de 0,20%, a 3.264 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou baixa de 0,01%, a 17.845 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES desvalorizou-se 0,43%, a 3.153 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 avançou 0,31%, a 7.354 pontos.

This article was originally posted on FX Empire

More From FXEMPIRE:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos