Mercado abrirá em 4 h 41 min

Anglo mantém a maioria das metas de produção após queda no 3º tri

Por Tanisha Heiberg
·1 minuto de leitura
Trabalhador em unidade da Anglo American
Trabalhador em unidade da Anglo American

Por Tanisha Heiberg

JOHANNESBURG (Reuters) - A mineradora Anglo American informou nesta quinta-feira que manteve a maioria de suas metas de produção, dizendo que estava operando com cerca de 95% da capacidade normal, enquanto registrou uma queda ano a ano na produção do terceiro trimestre refletindo paradas temporárias.

Nos três meses até setembro, a produção total caiu 3%, com diamantes, platina, minério de ferro e carvão tendo produção reduzida.

A queda ocorreu em meio à manutenção em sua mina de minério de ferro Minas-Rio no Brasil e por suspensão de suas operações de carvão metalúrgico Grosvenor na Austrália.

A produção de cobre e manganês aumentou, disse.

A produção geral aumentou 24% em comparação com o trimestre anterior, informou a companhia, enquanto se recupera de uma queda na produção induzida por coronavírus. A Anglo, que cortou despesas de capital e reduziu muitas de suas metas de produção para o ano inteiro em abril, manteve seu guidance para o ano inteiro para todos os produtos, exceto cobre, metais do grupo da platina e carvão térmico.

A produção de minério de ferro caiu 18% para 5 milhões de toneladas na brasileira Minas-Rio, após uma parada para manutenção de um mês.