Mercado fechado

Anglo American fecha compra de energia de usinas eólicas da Casa dos Ventos

Por Luciano Costa
.

Por Luciano Costa

SÃO PAULO (Reuters) - A mineradora Anglo American <AAL.L> assinou contrato para a compra por 20 anos de parte da produção de usinas eólicas que estão sendo construídas pelo grupo Casa dos Ventos no Nordeste do Brasil.

O negócio envolve 95 megawatts médios em eletricidade, o maior volume já fechado em contratos privados entre grandes consumidores de energia e geradores no país, disse em nota a Casa dos Ventos, que desenvolve projetos eólicos e solares.

"O acordo, que tem prazo de 20 anos a partir de 2022, será responsável pelo fornecimento de cerca de 30% de toda a energia consumida pelas plantas da mineradora no país", disse a Casa dos Ventos.

A operação, que não teve valores revelados, envolve ainda opção de compra de uma fatia nas usinas pela Anglo American, segundo a desenvolvedora.

O contrato será atendido pela produção do complexo eólico Rio do Vento, no Rio Grande do Norte, que terá 504 megawatts em capacidade e demandará cerca de 2,4 bilhões de reais em investimentos.

O empreendimento será formado por oito usinas, das quais três destinarão energia para a Anglo American, enquanto outras já têm a produção vendida para empresas como Tivit e Vulcabras Azaleia.