Mercado abrirá em 3 h 46 min

Aneel aprova aumento médio de 0,41% das tarifas da distribuidora Copel

Rafael Bitencourt

As novas tarifas serão aplicadas à energia fornecida desde ontem para 4.749 clientes de 394 municípios do Paraná A diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou nesta quinta-feira o aumento médio de 0,41% das tarifas da distribuidora Copel (PR), em decisão sobre o processo de reajuste tarifário anual da companhia. As novas tarifas serão aplicadas à energia fornecida desde ontem para 4.749 clientes de 394 municípios do Paraná.

CC0 Creative Commons / pixabay

A distribuidora paranaense será primeira concessionária a ter aprovado o uso de recursos da “Conta Covid”, mecanismo criado para injetar liquidez no setor e conter aumento extraordinário na conta de luz durante a pandemia da covid-19. Quando for liberado o empréstimo bancário de um pool de bancos, liderado pelo BNDES, a Copel receberá o montante de R$ 536,3 milhões.

No reajuste tarifário de 2020, a Copel foi contemplada com alta de 1,13% nas tarifas dos consumidores industriais (alta tensão) e 0,05% nas contas de luz da classe residencial e de pequenos estabelecimentos comerciais (baixa tensão).