Mercado fechado

Anec vê exportação de milho do Brasil em 4,57 mi t em outubro

·1 minuto de leitura
Funcionário recolhe amostras de milho importado do Brasil para testes em um armazém em Veracruz, no México
Funcionário recolhe amostras de milho importado do Brasil para testes em um armazém em Veracruz, no México

SÃO PAULO (Reuters) - A exportação de milho do Brasil deverá alcançar cerca de 4,57 milhões de toneladas em outubro, estimou nesta terça-feira a Associação Nacional dos Exportadores de Cereais (Anec), em sua primeira projeção para este mês.

No mesmo período do ano passado, os embarques do cereal somaram 5,51 milhões de toneladas.

Em setembro, 5,83 milhões de toneladas foram exportadas, após a finalização da colheita da segunda safra, ante 5,7 milhões no mesmo mês do ano passado.

Com isso, as vendas externas de milho devem acumular 24,74 milhões de toneladas de janeiro a outubro, um recuo ante as 33,74 milhões de toneladas embarcadas no mesmo intervalo de 2019.

Já a exportação de soja do Brasil deve alcançar 1,91 milhão de toneladas neste mês, abaixo das 3,94 milhões de toneladas registradas em setembro.

Dessa forma, os embarques da oleaginosa no ano até outubro vão se aproximar de 81,16 milhões de toneladas, contra 65,86 milhões de toneladas no mesmo período de 2019.

(Por Ana Mano e Nayara Figueiredo)