Mercado fechado
  • BOVESPA

    122.038,11
    +2.117,50 (+1,77%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.249,02
    +314,11 (+0,64%)
     
  • PETROLEO CRU

    64,82
    +0,11 (+0,17%)
     
  • OURO

    1.832,00
    +16,30 (+0,90%)
     
  • BTC-USD

    57.650,66
    +1.490,17 (+2,65%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.480,07
    +44,28 (+3,08%)
     
  • S&P500

    4.232,60
    +30,98 (+0,74%)
     
  • DOW JONES

    34.777,76
    +229,23 (+0,66%)
     
  • FTSE

    7.129,71
    +53,54 (+0,76%)
     
  • HANG SENG

    28.610,65
    -26,81 (-0,09%)
     
  • NIKKEI

    29.357,82
    +26,45 (+0,09%)
     
  • NASDAQ

    13.715,50
    +117,75 (+0,87%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3651
    -0,0015 (-0,02%)
     

Anec reduz projeção de exportação de soja do Brasil em abril para até 15,78 mi t

·1 minuto de leitura
Carregamento de soja do Brasil partindo de terminal em Santos (SP) para a China

SÃO PAULO (Reuters) - As exportações brasileiras de soja devem alcançar até 15,78 milhões de toneladas em abril, estimou a Associação Nacional dos Exportadores de Cereais (Anec) nesta terça-feira, ao reduzir o ponto máximo de sua projeção ante a semana anterior, embora o resultado ainda represente um recorde mensal.

Na semana passada, a perspectiva indicava que as exportações poderiam ir até 16,79 milhões de toneladas.

O piso da projeção da Anec foi mantido em 14 milhões de toneladas, de acordo com os dados baseados na programação de navios.

Em abril de 2020, as exportações da oleaginosa atingiram a máxima histórica de 14,28 milhões de toneladas. Sendo assim, caso a projeção mais otimista para este mês se confirme, o país poderá bater um novo recorde.

Para o milho, a Anec manteve inalterada a projeção de embarques para este mês em cerca de 30 mil toneladas.

(Por Nayara Figueiredo; Edição de Luciano Costa)