Mercado abrirá em 4 mins

Anec reduz em 10% projeção de exportação de milho do Brasil em outubro

·1 minuto de leitura
Milho importado do Brasil em terminal no porto de Tuxpan, México
Milho importado do Brasil em terminal no porto de Tuxpan, México

SÃO PAULO (Reuters) - A exportação de milho do Brasil deverá alcançar 4,95 milhões de toneladas em outubro, estimou nesta terça-feira a Associação Nacional dos Exportadores de Cereais (Anec), que reduziu a projeção em 10% ante a semana anterior.

Com isso, os embarques do país, segundo exportador global, também ficariam 10% abaixo do registrado no mesmo período do ano passado.

Na semana de 18 a 24 de outubro, os embarques de milho somaram 1,22 milhão de toneladas, enquanto a exportação de 25 a 31 de outubro foi projetada em aproximadamente 1 milhão de toneladas, com base na programação de navios.

O total embarcado de milho nos dez primeiros meses de 2020 deverá somar 25,1 milhões de toneladas, uma queda de 8,6 milhões de toneladas na comparação com o mesmo período de 2019, quando os embarques atingiram um recorde.

Já a exportação de soja projetada para outubro ficou praticamente estável ante o estimado na semana anterior, a 2,38 milhões de toneladas, elevando o total no ano a 81,6 milhões de toneladas, versus 65,8 milhões no mesmo período do ano passado.

(Por Roberto Samora a Ana Mano)