Mercado fechará em 4 h 26 min
  • BOVESPA

    129.681,56
    +914,11 (+0,71%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.213,34
    +83,46 (+0,17%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,67
    +0,82 (+1,13%)
     
  • OURO

    1.787,80
    +10,40 (+0,59%)
     
  • BTC-USD

    33.654,04
    +2.363,95 (+7,55%)
     
  • CMC Crypto 200

    808,47
    -1,72 (-0,21%)
     
  • S&P500

    4.246,35
    -0,09 (-0,00%)
     
  • DOW JONES

    33.913,70
    -31,88 (-0,09%)
     
  • FTSE

    7.097,10
    +7,09 (+0,10%)
     
  • HANG SENG

    28.817,07
    +507,31 (+1,79%)
     
  • NIKKEI

    28.874,89
    -9,24 (-0,03%)
     
  • NASDAQ

    14.270,00
    +11,75 (+0,08%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,9428
    +0,0230 (+0,39%)
     

Anec prevê novo recorde mensal na exportação de soja do Brasil em maio

·1 minuto de leitura
Lavoura de soja

SÃO PAULO (Reuters) - A Associação Nacional dos Exportadores de Cereais (Anec) elevou sua projeção para os embarques de soja do Brasil em maio, a 16,19 milhões de toneladas, ante os 15,3 milhões estimados na semana passada, indicando um novo recorde mensal, mostraram dados da entidade nesta terça-feira.

Até o momento, a máxima histórica de vendas da oleaginosa foi batida em abril, com 15,67 milhões de toneladas embarcadas, segundo dados da Anec.

O avanço nas estimativas ocorre em momento em que o país, maior produtor e exportador global de soja, caminha para encerrar a colheita a safra 2020/21, com recorde no volume produzido.

Segundo a Anec, o Brasil exportou 13,87 milhões de toneladas do grão em maio do ano passado.

Ainda nesta terça-feira, a associação manteve a perspectiva de exportação de farelo de soja para este mês em 1,8 milhão de toneladas e segue sem prever embarques de milho.

(Por Ana Mano e Nayara Figueiredo)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos