Mercado fechado

Anec fecha parceria com GMP+ para certificação de segurança alimentar

·1 minuto de leitura
Trabalhador inspeciona grãos de soja em Campos Lindos (TO)
Trabalhador inspeciona grãos de soja em Campos Lindos (TO)

SÃO PAULO (Reuters) - A Associação Nacional dos Exportadores de Cereais (Anec) fechou uma parceria com o GMP+ International para certificação de segurança alimentar conduzida pelo grupo de origem holandesa, disse a entidade nesta sexta-feira.

Segundo comunicado da Anec, o acordo torna a associação a primeira do Brasil a ser parceira do Good Manufacturing Practices (GMP+), que atua no controle de qualidade da cadeia de suprimentos de grãos e farelos --a entidade brasileira representa exportadores de soja, milho e farelo de soja.

"Com essa ação, buscamos aperfeiçoar ainda mais o mercado de grãos brasileiro por meio de diretrizes internacionais, criando parâmetros de qualidade para o produto nacional", disse em nota o diretor-geral da Anec, Sérgio Mendes.

A certificação GMP+, afirmou a Anec, visa mitigar riscos e melhor controlar os elos de produção e distribuição dos produtos agrícolas, com atuação na garantia de segurança, qualidade e sustentabilidade nos mercados de ração animal.

"O Brasil é um importante produtor de ingredientes para rações e, devido a essa importância, precisamos estar atentos às demandas mundiais", afirmou Mendes.

A Anec vê a parceria com o GMP+, que atua em quase 90 países, como uma "licença para a venda de ração em todo o globo".

A entidade acrescentou que planeja compartilhar o conhecimento proveniente do GMP+ com as empresas associadas, levando em conta as condições e necessidades verificadas no Brasil.

(Por Gabriel Araujo)