Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.800,79
    -3.874,54 (-3,08%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.868,32
    -766,28 (-1,48%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,81
    +0,19 (+0,26%)
     
  • OURO

    1.816,90
    -18,90 (-1,03%)
     
  • BTC-USD

    41.491,32
    +1.633,34 (+4,10%)
     
  • CMC Crypto 200

    955,03
    +5,13 (+0,54%)
     
  • S&P500

    4.395,26
    -23,89 (-0,54%)
     
  • DOW JONES

    34.935,47
    -149,06 (-0,42%)
     
  • FTSE

    7.032,30
    -46,12 (-0,65%)
     
  • HANG SENG

    25.961,03
    -354,29 (-1,35%)
     
  • NIKKEI

    27.283,59
    -498,83 (-1,80%)
     
  • NASDAQ

    14.966,50
    -71,25 (-0,47%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1880
    +0,1475 (+2,44%)
     

Android abandona formato APK e muda a instalação de apps para AAB; entenda

·2 minuto de leitura
Android abandona formato APK e muda a instalação de apps para AAB; entenda
Android abandona formato APK e muda a instalação de apps para AAB; entenda

O Google anunciou que os aplicativos do Android deixarão o tradicional formato APK (Android Package, “Pacote Android”), e adotar um novo, o AAB (Android App Bundle, “Volume de App Android”).

O APK é um formato de compressão de arquivos, similar ao que vemos com os .zip ou .exe nos computadores, que permite a instalação dos programas nos celulares Android. Segundo o Google, ele será descontinuado a partir de agosto de 2021 dando lugar para a extensão criada em 2018 pelo Google, AAB, e que já é aplicada na maioria dos aplicativos baixados diretamente da Google Play. A ponto de “APK” ter virado sinônimo para apps que você instala por conta e risco.

De acordo com a empresa, a mudança deve otimizar espaço tornando todos os novos aplicativos até 15% menores, o que facilitará o download dos usuários. Diferentemente do APK, que é basicamente um instalador, os arquivos em AAB utilizam um processo chamado entrega dinâmica que otimiza a aplicação de acordo com o hardware de cada usuário. Assim, ele identifica quais recursos são necessários para o funcionamento do aparelho, tornando o celular mais leve.

Este processo de validação é feito através da Google Play, tornando impossível a instalação de um AAB fora da loja do Android. Este processo garante a segurança do usuário, dificultando a incidência de malwares no dispositivo.

Ajuda contra a pirataria

Apesar dos benefícios, a mudança do formato APK para AAB pode atrapalhar a vida de usuários que costumam experimentar aplicativos de terceiros disponibilizados fora da Google Play.

De acordo com a empresa, em um primeiro momento, os celulares Android não terão a compatibilidade com a extensão APK suspensa, mas os desenvolvedores farão o upload somente em AAB na Play Store. Hoje, é possível subir um APK e a Play Store converte sozinha. A existência desse APK criado pelo desenvolvedor antes da Play Store criava um risco de segurança. Com esse arquivo em mãos, era possível piratear apps legítimos ou criar malwares baseados neles.

A transição entre formatos também demonstra uma mudança na postura do próprio Google que deve passar a ter uma política mais rígida em relação à pirataria. Diferentemente da Apple, que não permite instalações de fora da App Store no iPhone, o Google costuma ser muito criticado pelo fato de que a possibilidade de o Android receber instalações de fora contribui para uma incidência maior de ataques. Algo que chegou a ser criticado até pelo CEO da Apple, Tim Cook. Mas que, por outro lado, leva a acusações de controle de mercado contra a Apple.

Apesar disso, a mudança também pode prejudicar pequenos desenvolvedores que passarão a ter uma atenção maior na hora de desenvolverem os seus programas em AAB.

De acordo com o Google, as novas regras entram em vigor a partir de agosto de 2021. Na página de desenvolvedores do Android há informações sobre a mudança, além de orientações para a comunidade de programadores.

Via My Smart Price

Imagem: georgeclerk/iStock

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos